Feijão: Nem bem acalmou já recomeçou a inquietação do mercado

Publicado em 22/09/2010 16:00
1375 exibições

Feijão Carioca - 7h30 - Nem bem acalmou já recomeçou de novo a inquietação do mercado. Após poucos dias de compradores retirados,  os compradores voltaram às compras e mesmo que não sejam tantos, menos ainda  são  os vendedores.  A sugestão para os produtores é, assim como quando o preço caiu,  sempre vender aos poucos,  não seria recomendável liquidar o total do estoque em R$ 200.  A pergunta é:  R$ 200 é o pico ou topo de preços? As chuvas foram consideradas, até agora, insuficientes no Paraná para que se inicie definitivamente o plantio. Com ofertas girando em torno 8.000 SC,  nesta madrugada no mercado atacadista em SP, mercado voltou a reagir e atinge novos patamares preços. O valor para nota 9,5 /10 foi R$ 220 e para o nota 8 R$ 210. 
  Veja o informativo completo com as cotações em GO e MG em www.correpar.com.br
 
 
Feijão Preto - 7h30 - A pressão Argentina para aumentar os preços segue firme. Como diversos brasileiros tem estoque razoável,  também buscam fomentar um aumento pagando mais caro dentro da Argentina. A substituição de feijão carioca caro para o feijão preto já começou  em algum grau, pois a variedade é relativamente mais barata. A  tendência é que a venda em geral de feijão preto aumente bem nos próximos dias.  


 

mercado atacadista

 

Clique aqui para ampliar!

 

preco ao produtor

Tags:
Fonte: Correpar

Nenhum comentário