Milho XP: preços em alta com escassez de oferta

Publicado em 08/11/2010 23:12
577 exibições

Preços em alta para o milho na BM&F na sessão de hoje, refletindo a escassez de ofertas no mercado físico brasileiro e a firmeza das cotações na CBOT durante a maior parte da sessão. O físico iniciou a semana similar ao período anterior, com baixa oferta associado ao limitado interesse de venda do produtor e elevada necessidade de compra por parte dos consumidores neste momento. A incerteza com relação a intervenção governamental e o tempo seco sobre áreas do sul do país nos próximos 15 dias contribuem como fator de suporte, dada a percepção de que os estoques privados no país estejam significativamente abaixo do estimado pela CONAB, expectativa que ganha corpo na expectativa de que o fluxo de exportações tende a permanecer aquecido nos próximos meses.

Em Chicago mercado instável, abrindo em queda, recuperando-se durante a sessão para sucumbir a realizações próximo ao fechamento na esteira da soja. O mercado demonstra-se preocupado com a possibilidade de novas revisões na safra norte-americana, pressionando os estoques finais do país, mesmo com uma eventual retração da demanda extena. Outro fator que traz suporte ao mercado é a expectativa de que o cenário de oferta e demanda chinês possa demonstrar-se sensívelmente mais ajustado, forçando maior volume de importações pelo gigante asiático. De qualquer forma, boa parte das expectativas já estão precificadas no mercado e, com isso, em caso da ausência de novidades nos dados, o mercado tende a demonstrar-se mais cauteloso no curto prazo.

Tecnicamente BM&F janeiro, permanece com sinalização altista, hoje rompendo zona de consolidação e, atingindo resistência imediata em 28,40 no after. Rompendo este patamar mercado tem espaço para buscar os 28,70.

Confira a análise completa: soja_milho_0811

Tags:
Fonte: XP Agro

Nenhum comentário