Soja: Cotações realizam lucros e encerram com pequeno recuo na CBOT nesta sexta-feira

Publicado em 18/10/2010 07:21
344 exibições
Cotações futuras de soja cedem um pouco, em Chicago, devido à valorização do Dólar dos EUA e a outros fatores.
Clique aqui para ampliar!

Comentário:


Nesta sexta-feira, quinze de outubro de 2010, as cotações futuras de soja relativas aos três primeiros vencimentos fecharam com leves perdas, na Bolsa Mercantil de Chicago (CME), conforme a tabela acima. Estima-se que nesta data os fundos de especulação tenham vendido cerca de 5.000 lotes futuros (680.000 toneladas) de soja.

O Dólar dos EUA reverteu nesta data a sua trajetória recente de desvalorização e encerrou o dia em alta significativa perante o Euro e outras moedas de livre conversibilidade. Esta foi apontada como tendo sido a causa mais importante do recuo das cotações futuras da oleaginosa, nesta sexta-feira. Outros fatores negativos foram listados, como o retrocesso dos preços futuros do petróleo em Nova Iorque (NYMEX) e a realização de lucros no pregão futuro de soja em Chicago, anteriormente ao fim-de-semana, após as expressivas altas acumuladas em sessões recentes.

Em comunicado divulgado nesta data, a firma norte-americana de meteorologia - Telvent DTN - informou de chuvas ocorridas na quinta-feira, quatorze de outubro, no Centro-Oeste do Brasil, em áreas afetadas pela estiagem. A Telvent também previu que todas as grandes regiões de sojicultura do Brasil - incluindo aquelas situadas ao norte - deverão receber chuvas expressivas, no prazo de sete a dez dias.

É interessante observar que as perdas desta data no pregão futuro de soja em Chicago ocorreram a despeito de números expressivos relacionados a exportações norte-americanas da oleaginosa terem sido anunciados nesta sexta-feira. O Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) informou que os registros de venda de soja estadunidense destinada à exportação efetuados na semana passada atingiram o significativo total de 1.120.000 toneladas, das quais 583,700 toneladas eram destinadas à China.

Além disso, o USDA informou que nesta sexta-feira foram efetuadas duas grandes vendas de soja norte-americana (não incluídas no total acima mencionado), sendo uma delas de 240,000 toneladas destinadas à China e a outra de 278,803 toneladas, com cláusula de destino a ser informado.


Tags:
Fonte: SojaNet

Nenhum comentário