Soja encerra em queda na CBOT nesta segunda-feira, mas demanda chinesa limita as perdas

Publicado em 19/10/2010 06:59
481 exibições
Apesar da firme demanda global por soja, o mercado futuro da oleaginosa desacelera em Chicago.

Clique aqui para ampliar!

Comentário:

Nesta segunda-feira, dezoito de outubro de 2010, as cotações futuras de soja relativas aos três primeiros vencimentos fecharam com perdas insignificantes, na Bolsa Mercantil de Chicago (CME), conforme a tabela acima. Apesar de nesta data o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) ter anunciado nova venda de 120.000 toneladas de soja para a China, ainda assim as cotações futuras de soja recuaram levemente.

Após o encerramento do pregão futuro da oleaginosa, o USDA informou que parcela de 83 % da safra 2010/2011 norte-americana de soja havia sido colhida até dezessete de outubro corrente, em contrapartida a 62 %, na média dos cinco últimos anos-safra, nesta mesma época. Os participantes do mercado futuro em Chicago contavam com percentual entre 80 e 85 %. O USDA comunicou ainda que o total de oleaginosa dos EUA embarcada na semana passada atingiu cerca de 1,6 milhão de toneladas, contra aproximadamente 1,3 milhão de toneladas, na semana retrasada.

De parte de firmas norte-americanas de meteorologia, há notícias de que estão previstas chuvas para a região que designam como "o norte do Brasil" - provavelmente o norte do Mato Grosso e regiões produtoras de estados vizinhos àquele estado, nas mesmas latitudes. Aquelas firmas afirmam que tais chuvas estão previstas nesta e na próxima semana.

Tags:
Fonte: SojaNet

Nenhum comentário