Conab: Momento de maior competitividade do trigo importado no Sudeste

Publicado em 27/02/2013 15:23
494 exibições
Informe da CONAB mostra a paridade de importação voltada ao trigo do exterior neste momento, algo que tem resultado em estabilidade nas negociações e alguma pressão negativa de preços nos compradores. No entanto, falta de novos negócios com o trigo argentino e trigo americano ainda com compras a ritmo lento limita o efeito da medida no curto prazo.
A CONAB via informe assinado pelo analista Paulo Magno Rabelo retratou os efeitos esperados pela retirada da cobrança da Tarifa Externa Comum (10%) nas importações de trigo de fora do Mercosul, justificando esta medida como um anseio da ABITRIGO e sobretudo no combate à inflação dos alimentos, algo que comentamos no nosso texto de ontem da seção do (Mercado de Farinhas de trigo Diário).
O documento evidencia alguns aspectos que comentávamos nas nossas análises anteriores como a maior competitividade do trigo importado após as últimas quedas no trigo americano e principalmente com a forte retração do câmbio.
Nos dados do gráfico abaixo de autoria da CONAB, vemos que sem a TEC atualmente os trigos de origem americana e canadense protagonizam maior competitividade do que o trigo argentino em R$/ton postos na praça paulistana. Fica clara também a falta de competitividade do trigo russo, também com baixa oferta e no auge da sua entressafra.
Isso não implica diretamente que os preços tenham que cair nas regiões produtoras aos níveis de paridade, já que os moinhos nas regiões produtoras são os que devem buscar o trigo nacional disponível já em baixa quantidade neste momento. Perdeu-se apenas a competitividade destes trigos nas vendas ao Sudeste, com os vendedores mais estocados necessitando abrir espaço à soja e ao milho liquidando parte do produto e os demais seguros em suas posições devendo vender a preços acima da paridade indicada a compradores locais.

Clique aqui para ampliar!
Confira mais informações no site da AF News
Tags:
Fonte: AF News

Nenhum comentário