Alta dos preços do trigo desacelera esta semana no Paraná e Rio Grande do Sul

Publicado em 24/09/2010 17:32
556 exibições
Dando continuidade à desaceleração dos ganhos apurada na semana passada, as duas principais regiões produtoras do Sul, que juntas respondem por aproximadamente 87% da produção nacional de trigo registraram apenas pequenos ganhos, inferiores a 1% enquanto em Santa Catarina e São Paulo o valor permaneceu inalterado em relação à semana passada. No Paraná, onde a colheita já está próxima de 60% da área plantada a valorização acumulada até esta sexta-feira foi de 0,9%, o que fez com que o preço médio se aproximasse de R$ 26,00/sc (R$ 233,00/ton) para o trigo da safra passada. Já o trigo da safra nova que segue com boa demanda por parte dos moinhos na região Norte e Oeste do Paraná, as cotações estão registrando média de R$ 31,20/sc (R$ 520,00/ton) que supera o preço mínimo em vigor para o trigo Tipo Pão (R$ 28,62/sc) e para o trigo melhorador (R$ 29,97/sc). Como ressaltamos ao longo da semana, o peso de 1.000 grãos (PH) continua bastante elevado, em torno de 84 a 85 refletindo o aporte ideal, especialmente de umidade na fase de enchimento de grãos, que possibilitou a uma boa formação destes. Ainda estão sendo observados lotes com força próxima de 200 W, que inabilita a utilização deste tipo de trigo isoladamente para a produção de massas e para panificação, mas a situação está melhorando conforme as últimas avaliações, o que alivia um pouco a apreensão dos moinhos com os índices abaixo do esperado apurados nas últimas semanas. No Rio Grande do Sul os preços no mercado de Balcão, pago ao produtor apresentou alta de 0,2% e está fixado em R$ 21,67/sc, enquanto que no mercado de Lotes, as cotações estão em linha com os preços alcançado no Paraná para o trigo tipo pão, que está sendo comercializado em média a R$ 25,80/sc. Em São Paulo, a média de preços é de R$ 29,00/sc e, apesar da estabilidade em comparação com a semana anterior a valorização em comparação com um mês atrás já chega a 16%.
Tags:
Fonte: AF News

Nenhum comentário