Preços do trigo caem levemente no Paraná com uma maior intensificação das vendas

Publicado em 30/09/2010 16:58
606 exibições
O preço médio do trigo no Paraná recuou pelo segundo dia consecutivo, acumulando queda de 0,74% neste período, após quebrar a estabilidade que se estendeu de quinta-feira passada até terça-feira desta semana. Os produtores estão recebendo em média R$ 25,74/sc para o trigo da safra 09/10 e continuam mantendo um nível mais elevado para a safra nova, com preços que variam de R$ 500,00/ton a R$ 520,00/ton para as ofertas de venda e R$ 480,00/ton para as de compra. Apesar da diferença de até 8,3% entre o valor que os moinhos estão dispostos a pagar e o preço desejado pelos triticultores e suas cooperativas, as vendas se intensificaram esta semana, avançando para 9% da produção total contra 5% registrado na semana passada. O incremento de 4 pontos percentuais corresponde a um volume de 128,57 mil toneladas comercializadas do início da semana passada até o início desta, indicando uma maior quantidade de negociações feitas no período em comparação com as semanas anteriores. À medida que avança a colheita, que esta semana atingiu 67% da área contra 58% da semana passada, os produtores começam também a mostrar-se mais afeitos à comercialização o que por sua vez acabam contendo a elevação dos preços que era observada até então. Além disso, vale lembrar que o clima favorável possibilitou a rápida conclusão da operação no Norte e Oeste do estado e, por isso, as áreas colhidas até agora já superam em 20 pontos percentuais a safra anterior, sendo que pra este fato também contribuiu a queda de 13% na área plantada.  De acordo com a Secretaria da Agricultura, não houve alteração nas condições das lavouras em relação à semana anterior, que em sua maioria (72%) em bom estado, contra 24% em condições medianas e 4% em ruins.
Tags:
Fonte: AF News

1 comentário

  • Jose Eduardo da fonseca Sismeiro Goioerê - PR

    Infelizmente não é assim que está ocorrendo,os preços sairam da louza das cooperativas.Se o produtor quiser vender não existe comprador e nos chega a informação que os moinhos estão pagando 37,00 pelo trigo que vem de fora,uma verdadeira palhaçada.Dia 15 de novembro é dia de pagar o financiamento no banco,como iremos arcar com nossos compromissos se não temos como vender nosso produto,ainda por cima tem um aviso na padaria que á partir do dia 1 de outubro sobe o preço do pão, pois os moinhos subiram 8,00 o preço do saco de farinha.Só falta o governo criar o vale palhaçada para os agricultores poderem comprar o nariz de palhaço.

    0