Clima: Sudeste terá pouca chuva com a passagem de duas frentes frias ao longo da segunda semana de agosto; Sul terá geadas

Publicado em 08/08/2016 15:32
603 exibições

A segunda semana de agosto reserva mudanças para as regiões Sudeste e Sul. A semana começou com a passagem de uma frente fria pela costa do Sudeste que trouxe aumento de nebulosidade para São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, provocando até mesmo um pouco de chuva. Na quarta-feira (10) uma nova frente fria avança pela costa do Sudeste e traz mais áreas de instabilidade, reforçando a chuva na região. Dessa vez a chuva ocorre com um volume e intensidade um pouco maior, mas o risco de chuva forte se concentra sobre o Rio de Janeiro e Zona da Mata Mineira.

Figura 3

As duas frentes frias trazem massas de ar polar que vão fazer a temperatura cair, especialmente sobre a Campanha Gaúcha, serra catarinense e do Rio Grande do Sul e Planalto de Santa Catarina. Nessas áreas há risco para geada ao longo da semana.

Figura 4

* Entre os dias 14 e 18 de agosto, a Região Sul terá condições para chuva em forma de pancadas com volumes que oscilam entre os 30 e 50mm. Por outro lado, o Centro-Oeste, interior do Nordeste e centro-norte do Sudeste voltam a ter a presença do ar seco que mantém o tempo firme e diminui as chances de chuva.

Figura 5

Análise das condições do tempo na última semana: Semana foi marcada pelo ar seco devido ao bloqueio atmosférico

A primeira semana do mês de agosto foi marcada exatamente pelas condições atmosféricas deixadas pelo mês de julho. Pouca chuva foi observada no Sudeste e Centro-Oeste. A persistência de uma grande massa de ar seco garantiu o tempo firme com muito sol e sem chuva. Exatamente por conta da vegetação mais seca que o número de queimadas de elevou bastante, principalmente sobre o estado de Mato Grosso.

Figura 1

A ausência de chuva também reflete diretamente no atraso da semeadura de algumas culturas, afinal a água disponível no solo também cai.

Figura 2

Fonte: Climatempo

Nenhum comentário