Previsão do Tempo: Chuva forte no Sul do Brasil; Sudeste e Centro-Oeste terão pancadas

Publicado em 19/12/2016 10:54 e atualizado em 20/12/2016 16:59
678 exibições

* O avanço de áreas de instabilidade pela região Sul nesse início de semana deixa o tempo instável e com previsão para chuvas a qualquer hora do dia em grande parte do Rio Grande do Sul. E como esse sistema estará avançando pelos outros Estados da região, há previsão de que ao longo dessa segunda-feira pancadas de chuvas sejam registradas sobre Santa Catarina, Paraná e extremo sul do Mato Grosso do Sul. E apesar do tempo em algumas localidades do Sul já abrir a partir de manhã, novas pancadas de chuvas serão observadas durante essa semana. Já que o corredor de umidade estará mais posicionado sobre a metade sul durante a semana. E esse retorno das chuvas à região irá possibilitar que ocorra a elevação dos níveis de umidade do solo, garantindo melhores condições ao desenvolvimento das lavouras, sobretudo, do milho e da soja, já que vinham sentindo os efeitos negativos provocados pelos baixos índices de chuvas dessas últimas semanas.

* No Sudeste e Centro-oeste, a segunda-feira será mais um dia de tempo instável e com chuvas. Contudo, na metade norte do Mato Grosso, chuvas consecutivas a mais de 5 dias têm prejudicado a realização dos tratos culturais, principalmente a aplicação de defensivos e em paralelo, esse tempo fechado e úmido tem possibilitado excelentes condições ao desenvolvimento de doenças, principalmente da ferrugem asiática da soja. O bom é que apesar da previsão de chuvas para essa semana, essas deverão ser muito mais na forma de pancadas do que, propriamente, chuvas ininterruptas. Possibilitando a realização dos tratos culturais. Bem como a realização da colheita da soja, que em algumas propriedades mato-grossense já irá se iniciar nessa semana. Para as culturas do café, cana-de-açúcar e citros, tais condições meteorológicas irão possibilitar o pleno desenvolvimento das plantas, favorecendo também o desenvolvimento dos frutos, que já se encontram em fase de granação.

* No Matopiba, não só hoje como ao longo de toda a semana será marcada pelo tempo mais firme e ocorrências apenas de pancadas de chuvas irregulares. Como os solos apresentam níveis razoáveis de umidade, essa ausência de chuvas regulares essa semana, não irá trazer grandes prejuízos às lavouras. O problema é que essa previsão de tempo mais firme e chuvas apenas na forma de pancadas irregulares também deverá ocorrer na semana que vem, podendo, aí sim, levar a reduções mais drásticas dos níveis de umidade do solo, causando algum desconforto aos produtores. Mas segundo os modelos de previsão na virada do mês, ou se preferir, ano, as chuvas irão retornar à região. Retornando uma condição mais favorável ao desenvolvimento das lavouras.  

Figura 2

Figura 3

Análise das condições do tempo na última semana: Chuva frequente mantém o solo úmido no centro-norte do Brasil

* As chuvas que vem ocorrendo em toda faixa central e norte do Brasil estão permitindo que os solos se mantenham com bons níveis de umidade, favorecendo o desenvolvimento de todas as culturas. Contudo, vale salientar que já existem regiões, como a metade norte do Mato Grosso e Goiás que o excesso de dias chuvosos já está causando transtornos aos produtores. Pois, o tempo nublado e chuvoso não está permitindo que os produtores consigam ir a campo e realizar os devidos tratos culturais, principalmente em relação a pulverização de fungicidas, uma vez que esse padrão meteorológico tem proporcionado um aumento no número de focos de doenças nas lavouras.

* No Sul, mesmo um tempo mais firme e sem chuvas generalizadas, as condições das lavouras ainda é satisfatória. Não sendo observada nenhuma grande anomalia ou forte estresse hídrico que possa comprometer o pleno desenvolvimento das plantas.

* Abaixo, segue o mapa de chuva acumulada do dia 01 a 18 de dezembro.

Figura 1

Tags:
Fonte: Climatempo

0 comentário