DA REDAÇÃO: Geadas podem voltar ao sul do país com nova frente fria prevista para o final da semana

Publicado em 15/08/2011 16:58 e atualizado em 16/08/2011 10:11 507 exibições
Clima: Duas novas frentes frias avançam pelo sul do país até a próxima sexta-feira (19), acumulando chuvas de 60 até 100mm. Depois da frente fria, massa de ar polar faz as temperaturas despencarem, com risco de geadas em áreas do RS,SC e PR.
Uma nova frente fria deve atuar a partir desta terça-feira, dia 16, por todo o centro sul do país, ocasionando queda das temperaturas para toda a área. Mas, o motivo de alerta para os produtores está mesmo para a próxima quinta-feira, com a formação de uma nova frente fria seguida de forte massa de ar polar.

De acordo com Fabiana Weycamp, da ClimaTempo, este fenômeno conseguirá avançar pelo continente, resultando em queda ainda mais acentuada das temperaturas e possíveis geadas para áreas do sul. As chuvas também podem voltar nos Estados da região, na faixa leste da região sudeste, no sul de Minas, Zona da Mata e Vale do Rio Doce, porém em volumes não significativos para a agricultura.

Já para o próximo sábado, dia 20, existe previsão de geadas principalmente para o oeste do Rio Grande do Sul e Campana Gaúcha. Com o avanço da massa de ar polar pelo continente, podem ocorrer geadas nas demais áreas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e até no sudoeste do Paraná, principalmente no próximo domingo, dia 21.

Ao longo desta semana, o sol deve predominar na maior parte da região sudeste. As temperaturas podem cair um pouco a partir de domingo sob influência da frente fria. Porém, segundo Weycamp, as quedas dos termômetros não devem ser tão significativas a ponto de causar geadas na região. As chuvas também não devem atingir a área de forma significativa até o dia 20, no sábado.

No centro-oeste, a estiagem deve prevalecer nas próximas semanas. Há possibilidade de chuvas apenas para o sul do Mato Grosso do Sul na próxima quarta-feira, com o avanço da primeira frente fria para o oceano.

No norte do país, as chuvas devem seguir mais constantes nos próximos dias, especialmente em Roraima e no extremo norte do Amazonas, com volumes acumulados de até 50 milímetros. Para as demais áreas o tempo deve permanecer mais seco, bem como no interior do nordeste. No norte do Maranhão e Piauí, os volumes de chuva devem ser mínimos, entre 2 a 10 mm. Os maiores volumes devem se concentrar no recôncavo bahiano, com até 30 mm acumulados.

Tags:
Por:
Aleksander Horta e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário