Fala Produtor

  • Daniel Saldanha Camargo Ponta pora - MS 08/09/2020 15:50

    Bolsonaro pediu patriotismo aos donos de supermercados para não elevarem os preços. Está na hora dos produtores rurais venderem soja, milho e carne a preço de custo, por patriotismo. Vamos ver se isso acontece?.

    40
    • JACQUELINE GUADAGNIN PRIMAVERA DO LESTE - MT

      Diversas vezes já vendemos abaixo do preço de custo, vc só não lembra porque não foi o teu couro que mercado arrancou, ao comprar o que produzimos por mixaria. Tá achando ruim, vem trabalhar na roça, se tem uma coisa que não esta faltando é vaga para quem quer trabalha, .. e mais, roça não é lugar de gente molenga não. Vem?

      13
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Daniel, não só os produtores rurais venderem seus produtos a preço de custo para ajudar o Brasil, como quer o presidente Bolsonaro..., ele poderia pedir aos funcionários públicos, burocratas, politicos, todos os integrantes de todos os governos, municipais, estaduais e federal para reduzir o salário deles para 1 salário minimo. Assim o déficit público, leia-se a conta empurrada no lombo do assalariado, diminuiria e o real se apreciaria diminuindo custos de produção e o preço dos produtos.

      4
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      E dizer, Daniel, que eu e voce alertamos há pelo menos 8 meses sobre esse assunto, o da inflação, a expansão monetária e a queda dos juros..., só o pessoal do instituto Mises ouviu, ou melhor, somente teu amigo Fernando Ulrich compreendeu e está dando destaque a isso. Agora temos a ministra Teresa Cristina mostrando toda sua incompetencia diante da pergunta de uma criança que ela não pode responder a não ser de maneira ridicula... E produtor fazendo video falando bobagens sem levar em consideração que quem compra tenis de 1.000 reais no Brasil é uma minoria de 5% da população, aqui no MT por exemplo, 90% da população ganha menos de dois salários minimos. Essa fatura pode ser cobrada nas eleições de 2020, com a célebre frase....é a economia estúpido. 35% do ganho que tivemos com soja e milho esse ano não foi demanda, não foi oferta, nada disso, foi dinheiro ganho na moleza através da desvalorização cambial. Se é dificil prá voce mocinha, experimente trabalhar de servente de pedreiro.

      9
    • Daniel Saldanha Camargo Ponta pora - MS

      Jacqueline. Tenho certeza que o campo não é lugar de molenga, como a senhora diz na sua afirmação...., a frase que postei é sobre se o produtor vai ser patriota em baixar os preço de soja, milho e carne conforme nosso presidente está pedindo. Na minha modesta opinião, a classe produtora não fará isso. Ou a senhora vai fazer, para ajudar a conter a inflação?

      22
    • Daniel Saldanha Camargo Ponta pora - MS

      https://oglobo.globo.com/economia/bolsonaro-diz-que-fez-apelo-donos-de-supermercados-para-controlar-precos-de-produtos-basicos-1-24628835?versao=amp&utm_source=Twitter&utm_medium=Social&utm_campaign=O%20Globo&__twitter_impression=true

      9
    • JACQUELINE GUADAGNIN PRIMAVERA DO LESTE - MT

      Rodrigo, imagino que a sarcástica palavra "mocinha" tenha sido direcionada à minha pessoa..., pois bem, sou uma senhora beirando os 50 anos, se assim foi, lhe lanço um desafio: compare sua mãos às minha, aí vamos ver é que tem mãos de mocinha? Há, e eu sei fazer massa e erguer parede, afinal quem se criou no MT teve que fazer isso também! E por falar em pedreiro, estes também estão em falta na região onde eu resido, e a diária de um servente de pedreiro por aqui é em media R$ 150,00.

      8
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Evidente que foi para voce Jacqueline, não vou me comparar a voce porque seria covardia. A propósito, a diária de uma faxineira aqui em BC é R$ 300, isso se a pessoa se contentar com a mais barata.

      20
    • Guilherme Pedro Viero Formosa - GO

      O liberalismo é bom até o chicote arder no lombo..., semana passada tinha mimizento aqui no "fala produtor" chorando a possível isenção da importação de commodities agrícolas, o banqueiro mequetrefe Paulo Guedes pra quem não entendeu ainda vai por o ferro, e novamente no pagador de imposto, o BTG é seu foco de engorda, o banqueiro está obstruindo investigação da Greenfield a troco de que? Mês passado comentei aqui sobre a gentileza do BB em ceder 3 bilhões em dividendos ao BTG pela bagatela de 300 milhões. Só cego pra ver bondade e vontade de mudar o BRASIL de Paulo Guedes.

      12
  • Gilberto Rossetto Brianorte - MT 08/09/2020 15:42

    E agora compradores e consumidores brasileiros, vão comprar o milho que está aqui no Brasil ou vão se lamentar daqui 3.. 4 meses?

    Estão fazendo boquinha, pechinchando, alegando isso e aquilo. Os compradores internacionais estão com apetite.

    Vão deixar acontecer igual o soja? Não aprenderam?

    1
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Sr. Gilberto, isso aí é problema do governo, desvalorizaram a moeda, agora resolvam. Chamem lá o Braga Netto, o Jorge Oliveira e o Ramos prá fazer conchavo com o centrão e resolvam.

      25
    • Alan Bernardes

      Perfeito Rodrigo. Desde quando esse governo patriota pensa nos brasileiros? rs.. Pensam apenas em lamber a bota do Trump!

      15
  • carlo meloni sao paulo - SP 08/09/2020 15:38

    Acho divertido essa briga de jogar a culpa de aumento de preços dos alimentos de um para outro---Essa briga ajuda a criar uma fumaça que dificulta a identificaçao do verdadeiro culpado---Esses aumentos vao gerar uma inflaçao que comera' parte do dinheiro da poupança----Se o mercado coloca a soja a 135 o agricultor nao tem um pingo de culpa--

    1
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Sr. CARLO, o produtor rural vive numa realidade de mercado de concorrência perfeita... Ou seja ele é tomador de preço dos insumos para a produção e tomador de preços da produção... ... NÃO INFLUI EM NENHUM MOMENTO NOS PREÇOS DE MERCADO !!!

      2
  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC 08/09/2020 14:32

    ONU escancara sua agenda esquerdista - gazetadopovo.com.br --

    https://www.gazetadopovo.com.br/rodrigo-constantino/onu-escancara-sua-agenda-esquerdista/

    6
  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC 08/09/2020 14:31

    Dos tempos do blog do Reinaldo Azevedo... Petista da FAO, órgão da ONU, dá ao tirano Maduro prêmio por seu combate à fome na faminta Venezuela. É a trupe dos admiradores de um assassino...

    Leia mais em: https://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/petista-da-fao-orgao-da-onu-da-ao-tirano-maduro-premio-por-seu-combate-a-fome-na-faminta-venezuela-e-a-trupe-dos-admiradores-de-um-assassino/ https://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/petista-da-fao-orgao-da-onu-da-ao-tirano-maduro-premio-por-seu-combate-a-fome-na-faminta-venezuela-e-a-trupe-dos-admiradores-de-um-assassino/

    8
  • Cácio Ribeiro de Paula Bela Vista de Goiás - GO 08/09/2020 13:55

    Muito obrigado, Professor Djalma Martinhão Gomes de Sousa!! Foi uma honra sem medidas ter tido acesso aos seus ensinos!! Mais ainda: é muito gratificante para a Agricultura dos Cerrados vivenciar e validar na prática seus primorosos conhecimentos, resultados de extrema inteligência e dedicação, desde o laboratório até a divulgação, para que a vultosa proporção do seu legado em CIÊNCIAS DO SOLO esteja consolidado em boa parte das fazendas dos CERRADOS!! Hoje, qualquer GRINGO que vem ao CERRADO e fica boquiaberto com o que vê aqui, em termos de resultados agronômicos dos cultivos aqui obtidos, sabe que boa parte é e continuará sendo creditado aos seus estudos e esforços!! Fantástico, DR. DJALMA!! Novamente, Deus ilumine seu caminho na Eternidade do Espírito!! Deus esteja a guiá-lo por onde for. Nossa imensa gratidão!!

    0
  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC 08/09/2020 11:15

    Será que a Teresa Cristina pode informar ao presidente Trump que no centro-oeste brasileiro o algodão está se amontoando aos fardos, por não ter para quem vender?

    14
  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC 08/09/2020 03:18

    Muita gente no Brasil acredita que comida nasce na gondola do supermercado. Devem pensar que uma máquina produz arroz, carne, feijão, etc... E pior, alguns economistas não sabem que o impacto de desvalorizações ou apreciações cambiais é imediato em alguns produtos agropecuários. Ainda, num primeiro momento o aumento de dinheiro em circulação ocasiona uma falsa sensação de melhoria do ambiente economico e do bem estar das pessoas, só que isso sempre faz com que os preços aumentem. Já vi até gente culpando os monopólios pela inflação, principalmente nos alimentos. Ela virá nos outros setores também. É mais fácil culpar os empresários malvadões do que a classe angelical do funcionalismo público com seus gastos exorbitantes. Eu lembro de Paulo Guedes atacando o problema de frente, até os generais Ramos, Braga Netto e o Jorge Oliveira terem a brilhante idéia de fazer acordos com o centrão. Eles pensam que assim vão aprovar uma reforma tributária, uma reforma administrativa, uma reforma no sistema politico, e se eu tivesse que apostar, apostaria que não. A exportação também não é culpada pelo aumento nos preços, o Brasil vende barato para os estrangeiros, e digo que a inflação no Brasil também não se deve ao aumento dos preços dos alimentos no mundo como dizem. Vejam o preço da soja em chicago nos últimos dois anos. Até agora ela está barata em dólares e em reais, o dinheiro é que perdeu valor.... O produtor de grãos é beneficiado por receber o dinheiro primeiro, quando ele vende a mercadoria depreciada o aumento não chega de forma automática no consumidor, isso leva um tempo, de forma que quando o custo é repassado, o dinheiro na mão do assalariado já está desvalorizado. Sei que os produtos dolarizados também sofrem reajustes automatícos nos custos de produção, e em uma parte esses reajustes demoram um pouco mais.É dessa forma que quem tem o reajuste automático se beneficia da desvalorização enquanto outros são prejudicados. Uns tem lucro com desvalorização às custas de outros que tem prejuizo, então a pergunta é... quem controla o valor da moeda?

    11
  • Fernando Barbosa são Pedro da União - MG 07/09/2020 20:41

    Carla, João Batista e a todos os colegas que nos acompanham nestas páginas que reportam verdadeiramente o agronegócio brasileiro, que é o Notícias Agrícolas: Acompanho vocês há muito tempo e vejo o sacrifício que vocês fazem para gerar um conteúdo de qualidade... mas muitos não lhes dão o valor adequado, apesar da quantidade de informações que vocês publicam... Só que a mudança chegou, e a bola da vez agora é do homem do campo, como, igualmente, a notícia agora não será de dominio da indústria pornografica partidária, e nem de veiculos oriundos da lavagem de corrupção dos agentes financeiros. Sim, a bola da vez é a garantia da sobrevivência da comida. Vamos chegar ao final do ano com um avanço em todas as matérias-primas agrícolas, tanto que irá faltar mão de obra nas cidades..., até mesmo vão faltar peças de tecidos para fabricação de roupas e utensilios. Porquê digo isso??? óbvio, o Brasil vai ser uma potência mundial ainda maior que é, e os que se dizem revolucionários partidários, como essas ongs que não tem o que fazer, vão implorar para mantermos nossa forma de lidar com agronegócio. Somos capazes de aumentar a produção com áreas com preservação, através, por exemplo da integração lavoura, pecuária e floresta. Já mostramos que somos capazes disso, e agora vamos, juntos, formar o maior elo cultural da história.. O povo da cidade precisa saber que, aqui na roça, temos o orgulho de assinar um contrato e honrá-lo, como já foi provado pela história do nosso povo do interior... somos sérios e cumpridores dos nossos compromissos... Portanto os chamados devaneios de ongueiros das bolhas urbanas não terão vez, porque as palavras deles ficarão perdidas no vento. Sou Fenando Barbosa e fiel ao grupo que apoia o agronegócio brasileiro.. obrigado

    5
  • Cassiano aozane Vila nova do sul - RS 07/09/2020 10:06

    Buenas, é isso mesmo.... e podem botar nesse balaio os carteis frigoríficos que combinam preço e exportaram a rodo..., e com os preços de arrasto nos últimos quatro anos, a crise forçou principalmente os pequenos pecuaristas a arrendarem suas terras pra plantadores de soja pra sobreviverem.

    2
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Sr. Cassiano, se formos acatar a idéia de que a alta dos preços foi devido à exportação, vão querer criar mecanismos para impedir que se exporte. Pois bem, para mim a culpa é do código florestal do comunista Aldo Rebelo, esse nulidade, como todos os que acataram essa porcaria..., a culpa é do cipoal tributário que não permite a industrialização dentro das propriedades..., hoje no Brasil só quem lambe a bunda de politico tem acesso a financiamentos bilionários para tocar empresas inviáveis..., veja a BRF foods, onde os fundos de pensão colocaram dinheiro e ganharam muito, enquanto o BNDES acoitava os prejuizos e passava para o pobre. A culpa disso tudo é a desvalorização cambial, provocada pelo custo da máquina pública, milhões de inúteis formados pelo sistema Paulo Freire, que não sabem fazer nada e vivem como nababos às custas da pobreza do povo brasileiro.

      10
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Sr. CASSIANO, embora o Brasil seja o principal exportador de commodities agrícolas, não temos um Plano de Politica Agrícola. Tudo se resume aos Planos Safras que o governo lança todo ano. ... Ou seja, é uma "biruta de aeroporto" o rumo a ser seguido... A cada ano há uma "surpresa" ... Como viver nessa condição? ... Quanto aos empresários campeões que o petismo favoreceu, isto é uma peste que vai nos afetar por décadas pois, ela atingiu a metástase... Ou seja, está presente em todos rios e córregos do país. A JBS é a maior processadora e distribuidora de proteína animal do planeta. ... É com esse tipo de peste que temos que conviver.... INFELIZMENTE !!!

      0
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Agora, para encerrar... Veja como o dinheiro é uma coisa que transforma as pessoas... Foram vários ex-ministros e, ex-presidente do Banco Central do petismo que deram assessorias a esses frigoríficos para transformá-los em "pestes benignas", ou seja ela não mata o hospedeiro mas os mantem "doente" por longo tempo... É um parasitismo quase que eterno ...

      2
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Sr. Rensi, a Teresa Cristina está lá como lobista dos politicos da bancada ruralista. Aliás, fui acusado de dizer que os produtores rurais olham somente para o próprio umbigo, o que é mentira..., disse e digo sempre que os politicos da bancada ruralista, que são os que dividem e decidem para quem vai o dinheiro do plano safra, são lambe-bunda dos socialistas e comunistas, e não representam os anseios dos produtores rurais.

      8
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Infelizmente vivemos sob esse regime de democracia representativa depois de passar por uma era de 20 anos sem eleições e de redemocratização, onde os parasitas viviam disfarçados sugando a máquina do estado, e quando redemocratizamos nosso país aí eles MATARAM A FOME ... Veja que é uma estória atrás da outra de roubos ... cheque fantasma, anões do orçamento, compra da reeleição, mensalão, petrolão ... & ... agora o COVIDÃO ... ISSO NÃO VAI PARAR NUNCA !!!

      2
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Estava relembrando como esse setor vive ao longo dos tempos ... Alguém chegou a vender gado para abate e receber como pagamento uma NOTA PROMISSÓRIA RURAL com vencimento para 120 DIAS... Pois é Frigorifico BORDON, KAIOWA e muitos outros tinham esse método para pagar seus credores que lhe forneciam a matéria-prima. ... Com um detalhe... Se você precisasse do dinheiro à vista, o Banco fazia o desconto daquele papel ... O juros cobrado era você que pagava no ato ... & ... VOCÊ assinava na costa do papel ... Se o frigorifico não pagasse VOCÊ ERA O AVALISTA ... & ... ERA O DEVEDOR !!! Imagine um frigorifico que mata 1000 cabeças/dia... Em 120 dias tinha um "giro" de 120 MIL cabeças... Aí pedia uma concordata e ficava com um prazo para pagar em dois anos ... ESSA ERA A PRAXE DA ÉPOCA !!!

      0
  • Gilberto Rossetto Brianorte - MT 06/09/2020 19:44

    Mas onde estavam esses compradores nacionais? Dormindo em berço esplendido? Esperando o preço cair? Fazendo pressão para o produtor entregar sua produção por uma merreca?!!!... Pois é, os compradores internacionais, sabedores que o alimento é questão de segurança de um pais, se anteciparam e pagaram o que vale... Agora, sejam honestos e digam: nós não somos organizados e dormimos no ponto e colocamos o consumidor brasileiro no prejuízo (ou no risco).

    0
    • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

      Sr. Gilberto Rosseto, o presidente Bolsonaro cometeu um grande erro ao pedir patriotismo aos empresários dos supermercados..., Roberto Campos dizia que se inflação é aumento generalizado de preços, então a culpa é dos empresários, se por outro lado, inflação é expansão monetária, a culpa é do governo. Essa é a diferença.

      9
  • Telmo Heinen Formosa - GO 05/09/2020 21:13

    Tiveram 20 anos para aprender a fazer HEDGE mas se negam a remunerar bem os profissionais que dominam esta arte... bem feito. Como diz o Miguelão, "Tem que tomar para aprender"....

    1
  • jakson scherer Unai - MG 05/09/2020 17:28

    O uso da irrigacao garante a produção em menor área, e se fosse fomentada e não travada, talvez aumentaríamos muito mais a produção de alimentos ! Viva o agro !!!..., Brasil acima de tudo, Deus acima de todos !

    2
  • Mauro Costa Beber Condor - RS 05/09/2020 11:07

    Parabéns João Batista e Paulo Nicola! Excelentes informações! Os maiores insumos são o conhecimento e a sabedoria de colocar esse conhecimento em prática! Parabéns especial ao sr. Paulo por destacar 2 pontos que acho cruciais na empresa agrícola: copiar os vizinhos que produzem bem e fazem a coisa certa, e não confundir a retirada da cada sócio com o lucro que deve ser reinvestido na fazenda. Essas duas coisas definem quem sai e quem fica no ramo. Um grande abraço!

    2
  • Tiago Pandolfo Balsas - MA 05/09/2020 10:41

    Quando há um aumento expressivo dos preços as cadeias produtivas afetadas falam aos quatro cantos que precisamos de estoque regulador, que precisamos baixar o imposto de importação, que precisamos isso e precisamos aquilo. Mas quando a soja estava R$ 60,00/saca e precisamos vender para pagar as contas mesmo dando prejuízo, não vi essa cadeia querendo pagar mais. Quando em 2017 o milho caiu a R$ 20,00/saca e também deu prejuízo, novamente não vi essa cadeia querendo pagar ao menos o custo de produção. Mas agora que viram que as estimativas da CONAB sempre foram FURADAS e faltou o físico, querem que o governo intervenha no mercado... Hipócritas!!!. O mercado irá se regular na velha lei da oferta e demanda. Se estivessem pagando um pouco mais no milho já teriam levado bom volume e não precisariam importar pagando mais caro. Pau que dá em Chico também deveria dar em Francisco!

    4
    • Daniel Vargeniak

      Não se preocupem, com o que eles ganharam com milho no preço baixo dá para comprar milho a R$ 100,00 e nem mexe nas sobras...

      4