Fala Produtor

  • EDMUNDO TAQUES VENTANIA - PR 17/01/2019 12:15

    CALAMIDADE NO MT: Deixa eu ver se eu entendi... A tiazinha do café ganha 13.000 contos por mês, mas o que ele considera justo e legitimo é a ideia de mudar a Lei Kandir pra poder tributar as commodities exportáveis como a soja..., mas não é uma graça?!?
    Caros amigos produtores do MT, vocês deviam entupir o palácio desse "Gênio da Raça" de tratores para faze-lo entender que, entre outras coisas, essas eleições foram uma forma de dizer aos políticos que não aceitamos esse tipo típico de saída, que é o aumento da carga tributária.

    Comentário referente a notícia: Governador de Mato Grosso vai declarar estado de calamidade financeira

    0
    • GILBERTO ROSSETTOBALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

      Sr. Edmundo, se eu falar que nos últimos quatro anos ( ... de crise) o Governo de MT conseguiu arrecadar 44% a mais de impostos. Pasmem então, com 44% a mais de impostos e o Estado continua quebrado. Sabe por que? A resposta é simples; neste mesmo quatro anos, a folha de pagamento dos servidores aumentou 79%. Obras e serviços ao contribuinte "zero" ... "zero".

      0
    • EDMUNDO TAQUESVENTANIA - PR

      Caro Sr. Gilberto acredito sim!!! Sei como funciona com politico em geral, se der 10 gasta 12, se der 100 gasta 120, se der 1000 gasta 1200, simplesmente não há dinheiro que chegue!!! MT é um estado agrícola e só a titulo de exemplo não vejo o novo governador reclamar do espeto de 30% de ICMS que recebe do óleo diesel que todos os produtores usam, sem contar os diversos outros tributos que todos pagamos. O cara tem só 15 dias de governo é já é um VELHO politico, com o velho jeitinho, o velho pensamento de sempre na forma de resolver as coisas. Eu fico put... da vida com isso!!! O que eu queria ler aqui no NA era que os novos governantes preocupados com a situação fiscal dos governos iriam mobilizar as bancadas para fazer as reformas previdenciária, tributaria, politica e trabalhista como devem ser feitas, sem privilégios, sem jeitinhos. O que eu gostaria de ler aqui no NA é que um governador que recebe um Estado cujo folha de pagamento cresceu 79% nos últimos quatro anos, mobilizasse a bancada para rever a questão da estabilidade do funcionalismo publico. Mas sabe como é, isso não da voto, mas é o que PRECISA ser feito!!! Falta bom senso, pra essa gente. Isso sim é que é Justo e Legitimo.

      0
    • GILBERTO ROSSETTOBALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

      Querem mais números ....o Governado do Est. de Mato Grosso conseguiu aumentar a arrecadação nos últimos 14 anos em 381%. Excelente resultado. Mas infelizmente conseguiu aumentar os gastos com pessoal em 695% no mesmo período. Será que o Estado teve bons administradores? Agora a culpa é do agronegócio.

      0
    • EDMILSON JOSE ZABOTTPALOTINA - PR

      Estes números do MT valem para todos os estados. Todos estes governantes o que sabem fazer bem é " dar aumento para o funcionalismo público" ... por que ? máquina de votos... Aqui no Paraná o governador já falou 20% de cortes nos investimentos em obras importantes que já estavam em andamento . E daí , o contribuinte que se dane... quando disputou as eleições eles já sabiam da situação , mas nada falaram destas atitudes que agora querem impor... Tem que meter o trator pra cima destes calhordas.

      2
    • DALZIR VITORIAUBERLÂNDIA - MG

      E quem acreditou e votou sabendo das mentiras não tem nenhuma responsabilidade???? e me engana que eu gosto...

      3
    • VIRGILIO ANDRADE MOREIRAGUAIRA - PR

      Nosso maior inimigo será sempre o governo . Um caso sério. Precisamos pressiona-lo e não dar moleza,,, senão ficaremos pagando R $ 15.000 pra tiazinha do café e auxilio para todos os parasitas que são servidores do estado.. Não se iludam !!

      0
    • EDMUNDO TAQUESVENTANIA - PR

      Exato Sr. Virgílio, na "estupenda" lógica do Governador do MT é justo e legitimo a ideia de revogar a lei Kandir para poder taxar commodities exportáveis (como a soja) pra poder pagar salários como os 13.000 mangos da tiazinha do café e afins!!! A questão é que a referida Lei é Federal e, se revogada nesse ponto, TODOS os Estados da União poderão taxar as commodities agrícolas e QUALQUER uma delas... E isso pra resolver os salários do funcionalismo público, como o da Tiazinha do Café e dele próprio... Eu fico pensando como é que um ser "fenomenal" desses pode estar dirigindo um Estado

      1
  • MARLON PANIAGUA SAO PAULO - SP 17/01/2019 12:12

    Comentario sobre previsão de safra divulgada por Celeres de 117.2 mmt --- Primeiramente gostaria de saber qual o criterio que se faz esses levantamentos; onde diariamente se divulga seja atraves de reportagem, fotos, videos que num consenso geral, sendo conservador, a quebra ja seria de no minimo 10 por cento ,para a safra de soja brasileira..., partindo de uma coerencia -- que inicialmente era de 124 ,4 MMT -- , hoje a safra seria de 111,9.... e ainda, se consideramos só o estado do PR , onde se fala em 30 % de quebra, somente neste estado seriam aprox. 5,860 mmt menor...,sera que as materias , entrevistas etc sao tendenciosas a ponto de o produtor dar um tiro em seu proprio pé???, Onde estará a verdade ?

    0
  • ANDRE LUIS MARIANI - 17/01/2019 10:51

    Ah o que é? Eleições de novo, tem que esperar no mínimo 100 dias para ver as novas administrações e parar com esta especulação estupida e nociva !!! Vamos gerenciar as expectativas aí, gente, nosso presidente assumiu um paiol pegando fogo, carma lá !

    Comentário referente a notícia: Governo Bolsonaro tem 40% de avaliação positiva e 20% de negativa, diz pesquisa XP Ipespe

    3
    • EDMILSON JOSE ZABOTTPALOTINA - PR

      Sr.Andre , correto . O problema está nas grandes mídias , que perderam a teta e ainda irão ter que explicar suas dividas com o Governo Federal. As pessoas acham que o estrago feito ao longo destes últimos 20 anos , não vai ser assim tão fácil . Mas já tivemos várias ações que demonstram o caminho certo.

      5
    • DALZIR VITORIAUBERLÂNDIA - MG

      Edmilson..concordo com todas as suas colocações e acrescento a investigação sobre o filho e o depósito na conta da mulher do presidente...tudo e todos as claras

      0
  • THIAGO LADEIA JANNING SAPEZAL - MT 17/01/2019 09:22

    Saber que, mesmo com quantidade de renda recolhida através dos impostos e taxações que o agronegocio gera para o estado do MT, e o mesmo se encontrar nesta situaçao, é uma vergonha..., o pior é que os politicos nunca arcam com os rombos que deixam em suas administraçoes. Trouxeram uma copa do mundo para o estado, deixaram todas as obras inacabadas... e dinheiro foi para o ralo...

    Comentário referente a notícia: Governador de Mato Grosso vai declarar estado de calamidade financeira

    0
  • LUIS ALBERTO GROHE ASSIS CHATEAUBRIAND - PR 17/01/2019 08:40

    Estranhei duas manchetes no site. Primeiramente, nesta matéria, falando em 20 de janeiro, quando hoje é apenas dia 18. Segundo, na entrevista do Enori Barbieri, sobre a situação das lavouras em SC, foi usado o termo "sofre com o frio", quando imagino que seria "sofreu com o frio", causando distorções ao leitor, num primeiro momento. Duas situações, na página de abertura do site...cabem revisões.

    Comentário referente a notícia: Soja: Momento não é de novas vendas para produtor brasileiro, orientam consultores

    0
    • CARLA MENDESCAMPINAS - SP

      Sr. Luis, bom dia! Obrigada pelas considerações. O dia 20 de janeiro foi um erro de digitação, o correto é dia 10 de janeiro. Mais uma vez agradeço.

      0
  • PEDRO IZANO ARAXÁ - MG 17/01/2019 08:03

    Bom dia a todos. Gostaria reiterar sobre o tema da crise pluviometrica que alguns amigos agricultores aqui no N.A ja expuseram... Aqui no estado de Minas estamos sem chuva este ano na maior parte das areas agricolas. O cafezeiro já está sentido, nao há a minima possibilidade de atingirmos a produçao que tem sido divulgada como estimativas.

    0
  • EZEQUIEL DUTRA DURANDé - MG 16/01/2019 22:04

    "MUDAR AS REGRAS"... Os rótulos éticos como o Comércio Justo têm procurado ajudar os agricultores ao garantir um preço mínimo, mas empresas como a Vega Coffee www.vegacoffee.com e a https://Kaffee-kooperative.de em Berlim acreditam que é necessária uma reforma radical da cadeia de fornecimento.
    "Fairtrade é bom, mas é apenas uma maneira melhor em um sistema de mercado injusto. Você tem que mudar as regras completamente para fazer a diferença para os agricultores ", disse Xaver Kitzinger, co-fundador da Kaffee-Kooperative.
    A empresa alemã fez uma parceria com uma cooperativa em Ruanda para vender café que não é cultivado apenas no país da África Oriental, mas também lavado, torrado e embalado antes de ser enviado para a Europa.
    A Vega Coffee criou parcerias semelhantes, como a construção de um centro de torrefação na Nicarágua e o treinamento de agricultores em todos os aspectos do processo de produção.
    "O que descobrimos é que os agricultores trabalham com café há gerações e são realmente bons em criar um produto final realmente perfeito", disse Terenzi, da Vega.
    "O café torrado tem ficado mais caro nos últimos 10 a 15 anos. Mas não há justificativa para isso. Os agricultores, em geral, seus salários vêm diminuindo ", disse ele.
    Terenzi disse que os agricultores que trabalham com Vega podem ganhar até US $ 11 por quilo, embora isso seja para um produto completamente acabado que tenha sido seco, selecionado, torrado, embalado - até mesmo para colocar a postagem na caixa.
    Mas há obstáculos para tornar o modelo convencional, em parte porque os grandes compradores geralmente misturam grãos de muitos países para garantir uma qualidade consistente, já que diferentes culturas podem ser afetadas pelo clima e por outros fatores de ano para ano.
    "Um monte de café de boa qualidade é uma mistura de várias origens", disse Daniel Martz, que lidera as práticas de sustentabilidade na JDE. "Temos milhares de receitas diferentes para produzir a mesma qualidade e consistência".
    Fontes da indústria também disseram que o valor da colheita não deve apenas refletir sua contribuição para as bebidas nas cafeterias, mas também para o café nos supermercados, onde o custo por xícara é uma pequena fração do preço de um café Starbucks.
    A feroz concorrência entre os grandes varejistas ajudou a reduzir os preços e os consumidores freqüentemente respondem menos às informações sobre a origem do produto nos corredores dos supermercados do que ao absorverem o ambiente de um café, disse Chris Stemman, diretor executivo da British Coffee Associatihere.
    A gigante de alimentos suíça Nestle disse que é preciso haver uma abordagem coletiva e construtiva em toda a indústria para melhorar o lote de agricultores em todo o mundo. "Abordar as questões subjacentes à crise atual está além do escopo das ações de qualquer empresa", afirmou. ($ 1 = 28.0719 birr) (Reportagem adicional de Martinne Geller em Londres e Michael Hogan em Hamburgo; edição de David Clarke)

    Comentário referente a notícia: Queda em preço faz produtores de café ganharem menos de US$ 0,01 por xícara

    0
  • EDMILSON JOSE ZABOTT PALOTINA - PR 16/01/2019 19:13

    O que é uma mídia , esquerdista , comunista e que não aceitou ainda a derrota e a perda da terá para mamar deitado .
    Hoje no UOL , Folha de São Paulo , após a publicação do Decreto da Posse de Arma .
    O que elas tentam emplacar ???. " Derrota de Sérgio Moro " após o Decreto .
    Absurdo está mídia criminosa , que tenta de todas as maneiras desarticular o Governo e seus secretários , tentando expor notícias infundadas .
    A Globo News , ontem na entrevista ao Sergio Moro ,mais uma vez os paus mandados da Globo , tentaram encurralar Sérgio Moro , com perguntas extremamente tendenciosas ( porque não fizeram quando ele era Juiz Federal ).

    5
    • RODRIGO POLO PIRESBALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC

      Edmilson, a coisa tá escancarada, Kátia Abreu,que durante muito tempo foi considerada uma defensora dos produtores rurais, uma politica que comungava dos mesmos valores dos trabalhadores rurais, está sendo chamada nas redes sociais de lixo comunista, pois apoia Renan Calheiros presidente do senado.

      2
    • ARI COUTO -

      EDMILSON JOSE ZABOTT, vc está passando bem? Tem certeza? Chamar a Folha e a Globo News de esquerdista...Sei não, seria bom vc ver seu médico pois pode ser grave

      29
    • EDMILSON JOSE ZABOTTPALOTINA - PR

      Ari, estou muito bem de saúde. Talvez você é que esteja um pouco fora de foco ( o resultado das eleições, com o fim do seu time é que esteja causando está amnesia em você)... mas se você tirar um tempinho para ver, ler, assistir estas mídias que citei no post anterior, talvez você talvez venha mudar sua posição. Estes jornalistas, como todos que defendem o PT, estão desesperados pois acabou a "teta " fácil, secou a vaquinha , de propinas, emprego fácil, etc.... Ari, seja mais coerente e pare de defender quem não merece.

      2
    • PAULO ROBERTO RENSIBANDEIRANTES - PR

      Sr. Ari, vê-se que você é uma pessoa culta. Então, pode me responder: O que significa ser de esquerda, ou de direita?

      2
    • GERALDO GENTILEIBAITI - PR

      Este Ari Couto é ujma piada. Verdadeiro petralha ressentido com a derrota eleitoral da Quadrilha e temeroso de ter de trabalhar para ganhar o pão de cada dia. Vai procurar tua turma que aqui é lugar de povo trabalhador e honesto.

      2
    • ARI COUTO -

      GERALDO GENTILE, a agressão é o argumento dos ignorantes. A propósito, sou produtor rural no sertão baiano

      5
    • EDMILSON JOSE ZABOTTPALOTINA - PR

      Pode até ser agricultor "mas é PT".... E tem um posicionamento de PT, comunista .

      6
    • TIAGO GOMESGOIÂNIA - GO

      Tenha paciência... a turma do Bolsonaro também se sente vitimizada pela rede Globo? Se já não bastasse a turma da dita esquerda historicamente reclamar dela para defender seus pupilos agora é a vez da dita brasileira fazer o mesmo? Nós brasileiros temos de parar com essa defesa insensata e esse processo de vitimização que não vem respeitando nem campo ideológico mais.

      0
    • GERALDO GENTILEIBAITI - PR

      ARI COUTO: Quero o nome da cidade. Não adianta falar "sertão baiano", quero o Município. Há uns 04 anos atrás tínhamos um "cumpanheiro" da cidade de Astorga que era veemente defensor do Petralhismo. Investiguei e descobri que era beneficiário de Reforma Agrária, funcionário comissionado lotado junto à Secretaria de Agricultura, Petista e beneficiário de infinitas verbas do Governo Federal. Uma fraude em suma, pois era um politiqueiro de meia pataca e não um produtor rural.

      0
    • ELCIO SAKAIVIANÓPOLIS - GO

      ARI COUTO, vc virar bolsonista? Lembre que foi 500 mil famílias que desistiram da bolsa família em apenas uma semana, não é qualquer presidente que consegue tirar tantos da linha de pobreza num curtíssimo espaço de tempo.

      0
  • LUCIO ANDRADE - 16/01/2019 17:16

    Vamos ter que virar todos cafeicultores torradores

    Comentário referente a notícia: Café: Com queda nos preços, produtor se retraí e negociação segue lenta

    0
  • CARLOS RODRIGUES - 16/01/2019 15:51

    Alguém se importa realmente com isso??

    Comentário referente a notícia: Café: CEO da Rainforest Alliance fala sobre a necessidade de ação em 2019

    0
  • FABIO DA SILVA TAVARES IBITIRAMA - ES 16/01/2019 15:43

    eles acha q nos tamos bem com essa mixaria

    Comentário referente a notícia: Café: Com queda nos preços, produtor se retraí e negociação segue lenta

    0
  • FABIO DA SILVA TAVARES IBITIRAMA - ES 16/01/2019 15:42

    e nos tamos lascado ninguem se preocupa com nos aqui... divida vencida e nois q se lasca nem roupa nos compra mais

    Comentário referente a notícia: Café: Com queda nos preços, produtor se retraí e negociação segue lenta

    0
  • CÁCIO RIBEIRO DE PAULA BELA VISTA DE GOIÁS - GO 16/01/2019 14:32

    Com muito respeito às opiniões de todos, mas creio que parcela significativa destas não está "captando" a realidade das lavouras. Explico: estamos no meio do segundo veranico aqui no CENTRO/SUDESTE DE GOIÁS. O primeiro chegou a 30 dias em diversas áreas, durante o mês de dezembro. O último, em janeiro, já ultrapassa 12 dias em vários locais. Até ontem havia previsão de retorno das chuvas em bons volumes para daqui a 03 a 04 dias, mas com a atualização dos modelos, mostram situação mais preocupante para a próxima semana. A percepção do colega ÉLCIO SAKAI parece ser bem razoável para o momento.
    Infelizmente!!

    0
  • ELCIO SAKAI VIANÓPOLIS - GO 16/01/2019 11:34

    Irei comentar um pouco sobre a precipitação na região perto de Brasília, já que a propriedade fica no entorno da Capital. Nesta região iniciou o plantio no mês de Outubro, no meu caso iniciei na ultima semana de Outubro, já teve outros que iniciaram bem antes, aproximadamente 10 de Outubro. Novembro foi o mês mais chuvoso (316 mm) muita chuva e baixa intensidade luminosa, Dezembro foi onde houve mais evapotranspiração do que chuva (33 mm na primeira quinzena e 91 mm na segunda quinzena do mês, total de 123,8 mm) e nesta primeira quinzena de Janeiro não está diferente ( 31 mm) a evapotranspiração está maior que a quantidade de chuvas. a partir de dezembro há uma média de 5 mm em evapotranspiração diária.
    Por mais que no mês de Novembro tenha feito uma reserva de agua no solo, esta umidade não consegue se manter durante o mês de Dezembro e Janeiro, já que nestes meses estão perdendo mais agua (evapotranspiração) do que acumulando (chuva).
    Não precisa ser nenhum sábio pra saber que haverá redução de produtividade, quanto haverá de quebra, não sei.
    Áreas com teor de argila cima de 30% e áreas de baixada estão aguentando mais, no geral a soja está bonita de aparência, porém já afetou ou está afetando o enchimento de grãos.
    Não irei me surpreender se no Goiás a quebra for maior que 15%.

    0
  • ANTONIO ALVES PATROCINIO - MG 16/01/2019 10:16

    Bom dia, desde a ultima semana estamos sem chuva e com alta temperatura. Isso logo no inicio de frutificaçao do cafe. Ja passamos a trabalhar com probabilidade consideravel de quebra na regiao do cerrado mineiro.

    0