Fala Produtor

  • RODRIGO POLO PIRES BALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC 24/06/2019 06:43

    Vamos lá..., o comentarista JCosta nos diz que a soberania nacional deve ser passada para organismos internacionais como a ONU por exemplo. Não, JCosta, a humanidade não é soberana, o Brasil é, e é dos brasileiros, e não é não. Mas quero destacar outra coisa importante que o João Batista Olivi nos mostra com essa reportagem: a bancada ruralista quando quer, aprova o que quiser. Mas então como é que estamos nessa de discutir se a rede pública deve financiar aborto para as "cachorras" que pegam cria nos baile funk? Veja vem caro amigo, não é pouca coisa, eles querem que você pague o aborto para elas, se possível um "aborto" como aprovado nos EUA, até os 9 meses. Como é possível que o senado derrube o decreto que acaba com o desarmamento? Dentro dessa bancada está cheio de melancia, defendem pautas como a expansão da agricultura, mas com o dinheiro dos contribuintes, quem não quer isso tem obrigação de identificar tais malandros e nunca mais votar neles ou em quem indicam. Sobre os partidos, comecem a reparar, cada um segue uma linha, um combate a favor de uma pauta, outro contra, às vezes se unem, às vezes se dividem e vão uns contra os outros, mas sempre mantendo uma linha geral, que é a almeja por militantes como JCosta, o domínio total sobre a economia, sobre a sociedade, sobre a politica, o que trocando em miúdos é a escravização total dos brasileiros, a subordinação absoluta aos interesses de multinacionais muito bem representadas por eles, além das entidades, organismos, ONGs etc..

    Comentário referente a notícia: O que há por trás da questão indígena: criar 600 reservas? Travar metade do território nacional? Ou manter dinheiro nas ONG's?

    2
  • ADEMAR EDO SCHMIDT TRES DE MAIO - RS 24/06/2019 06:40

    Bom, pelo que tenho visto de reserva em outros países, elas sim existem, mas portanto em áreas não produtivas, bem ao contrário da nossa. Minha gente, quem não produz tem direito à terras produtivas?

    Comentário referente a notícia: O que há por trás da questão indígena: criar 600 reservas? Travar metade do território nacional? Ou manter dinheiro nas ONG's?

    0
  • FERNANDO NUNES CASTOLDO LONDRINA - PR 23/06/2019 21:03

    Lá nos EUA eles mudam as regras visando o interesse da parte mais fraca, que são os produtores... já aqui no Brasil...

    Comentário referente a notícia: USDA muda regras e torna Prevent Plant ainda mais atrativo, diz economista dos EUA

    0
  • FERNANDO NUNES CASTOLDO LONDRINA - PR 23/06/2019 20:57

    Sem a Lava Jato seriamos uma Venezuela

    Comentário referente a notícia: O que mostram as novas mensagens roubadas à Lava Jato... Anular tudo? (O Antagonista)

    0
  • ELDER GIORI BALDON NOVA VENÉCIA - ES 23/06/2019 13:40

    A produção Brasileira de café/2019 está superestimada, não condiz com a realidade do campo. Os cafeicultores, na sua maioria endividados, o que pode comprometer os tratos para próximo ciclo produtivo.

    Comentário referente a notícia: Café: Entrega do contrato julho poderá mudar a percepção, por Rodrigo Costa

    0
  • MÔNICA CORRÊA AQUIDAUANA - MS 22/06/2019 15:46

    Justiça aos produtores invadidos! Há terra para todos, não precisam invadir, depredar, queimar lavoura e maquinário e nem espancar produtor.

    Comentário referente a notícia: O que há por trás da questão indígena: criar 600 reservas? Travar metade do território nacional? Ou manter dinheiro nas ONG's?

    2
    • EDMILSON JOSE ZABOTTPALOTINA - PR

      O objetivo destas ONGs , PT , PSOL e demais partidos ligados a esquerda , é dificultar o Brasil de ser a maior Potência do Mundo na Produção de Alimentos . E principalmente usar estes povos como massa de manobra para pegar dinheiro e sustentar a máquina destes partidos e de seus líderes . E para quem ainda não entendeu , estes movimentos de invasões , estão ocorrendo somente em áreas Nobres , já desenvolvidas , onde já não é mais ambiente para o Indígena que quer voltar ou ter sua cultura preservada . A mídia tem mostrado povos ( aldeias) onde estes também já desenvolveram a Agricultura com tecnologia e precisão e estão felizes . Neste caso só cesta faltando políticas públicas para que eles possam continuar. O Governo precisa endurecer muito e pesado nas questões de invasões dar um basta . Identificar os que estão usando estes povos , identificar os não índios punir duramente , com isso irá acabar está indústria das invasões e desmandos .

      1
  • J. D.COSTA PATO BRANCO - PR 22/06/2019 14:55

    Respondendo a questão da manchete. Qual das opções preserva a fauna e flora? É essa que interessa a humanidade. A humanidade é soberana. Não vai permitir outro caminho. Travar o avanço agrícola é fundamental. Daqui pra frente NÃO! E "não" é "não"!!
    Encher ONGs de dinheiro é fundamental para que façam a frente sem interferência politica de ruralistas Irresponsáveis, o que não é o caso de todos, claro.

    Comentário referente a notícia: O que há por trás da questão indígena: criar 600 reservas? Travar metade do território nacional? Ou manter dinheiro nas ONG's?

    125
    • CARLO MELONISAO PAULO - SP

      E' preciso extinguir a FUNAI e libertar os indios... E' preciso civiliza-los, ao invez de mante-los numa especie de zoologico... Os indios precisam se emancipar, como todo e qualquer ser humano.

      3
    • GERD HANS SCHURTCIDADE GAÚCHA - PR

      Senhor J.D.Costa, Como produtor rural, só tenho a lamentar o seu posicionamento em seu comentário. Com certeza o Senhor não pertence à classe que tira da sagrada terra com muito suor o alimento para por sobre a sua mesa. A nossa classe, de produtores rurais, com certeza lamento muito o seu posicionamento em comentário irresponsável.

      4
    • J. D.COSTAPATO BRANCO - PR

      Não se façam de "santo". Como vegetariano, vivo da pequena agricultura familiar. Nao como soja nem milho e nada que vcs plantam aí pra cima. Monocultura só enriquece quem planta para exportar. Não pagam impostos sobre a renda. Burlam tudo o que podem. Tem juros de pai pra filho e vem arrotar arrogância pra cima de mim. Querem civilizar índios? Quer dizer que querem tira-los daquele mato e colocá-los aonde? Num condomínio "minha oca minha vida" ??? Hipócritas. Querem as terras. Antigamente compraram um hectare por uma carteira de cigarro... E querem de novo de graça? Vcs não passarão por cima do que resta do meio ambiente.

      43
    • MARCO ANTONIO MIGUELCUIABÁ - MT

      Sr J.D.Costa, seu conhecimento do setor agropecuário nacional parece bastante impregnado de ideologia, que é um direito que lhe assiste, porém rotular os produtores de hipócritas, arrogantes, me parece um tanto fora do tom... As conquistas alcançadas pelos produtores que deixaram suas regiões para arriscarem-se nas fronteiras agrícolas não pode e não deve ser taxada como oportunismo, assim como pregar que os juros são de "pai para filho", penso que isso é verdade apenas para a agricultura familiar, através de programas com juros negativos ou a fundo perdido como o PRONAF, no qual vc talvez se encaixe. Entendo que a população indígena tenha direito a terra, porem há limites e bom senso, privar os demais brasileiros de alcançarem qualidade de vida através do crescimento da economia do país tbem não é justo, viaje mais, busque outros modelos de integração dos povos indígenas com a população dos países onde vivem e talvez consiga enxergar que o modelo brasileiro não é o melhor, está contaminado por ideologia de esquerda e tem como único objetivo garantir massa de manobra e dinheiro através de ONG's. Vivo no centro oeste há muitos anos e conheço a realidade indígena, onde muitas tribos passam fome, tem índices de mortalidade infantil muito mais altos que nas populações urbanas e isso porque as verbas repassadas a ONG's e FUNAI não chegam onde precisam chegar, são desviadas no meio do caminho. Saia da sua zona de conforto, ande pelo Brasil..., viagem (Conhecimento) cura a ignorância.

      3
    • CHICO SPINATASSO FRAGOSO - MA

      J.D.COSTA...Pelo seu comentário chego à conclusão de que você não passa de um imbecil, com o devido respeito aos imbecis. Você deveria estar preso junto com o teu chefe maximo, o LULADRÂO (um peso morto na face da terra).... JDCosta, vá pra Venezuela....

      0
    • FÁBIO AUGUSTO GOUVEIAARAGUARI - MG

      Senhor J.D. Costa, aqui é um site sério..., este seu comentário só serve para comédia mesmo!

      0
    • J. D.COSTAPATO BRANCO - PR

      Os produtores que vem aqui se defender, atacando, são justamente os que não representam a maioria, mas, e uma minoria retrógrada, com espírito de desbravador do seculo XVIII que acham que a terra é infinita, plana e a Selva, a natureza são um entrave para a plantação de soja... Portanto quem é motivo de ridicularização, são vocês. Não aqui nesse ambiente corporativista, mas, em qualquer ambiente neutro. Esse site não está publicando minhas respostas.

      4
  • ADALBERTO JOSÉ MUNHOZ CAMPO MOURÃO - PR 22/06/2019 13:39

    Boa tarde caro Liones, com essas áreas sob seguro , haverá alguma influência positiva sobre o mercado da soja?

    0
    • LIONES SEVEROPORTO ALEGRE - RS

      Sem duvida, ... Preços da CBOT e/ou prêmios irão remunerar essas perdas. Historicamente tem todos os motivos para um elevado alcance dos preços... abraços

      1
    • NILO OTAVIO BAQUETAMAMBORÊ - PR

      Ainda tem muita coisa pra acontecer no mercado da soja,... qual sera a area plantada nos EUA? E como (que sao da "roça ") sabemos, que quando há um grande periodo de chuva, logo depois pode ocorrer a falta.., então se o solo continuar encharcado, mesmo conseguido atingir a area plantada, qual seriam as condicoes de enraizamento? E no caso de um stress hidrico??... Mais à frente, como as lavouras vao ss comportae??, e o fator China???..., creio que muita coisa poderá acontecer nesses proximos meses...

      0
  • SAMOIL IVANOFF QUERENCIA - MT 21/06/2019 22:07

    Tomara que Deus ilumine cabeça de alguns brasileiros patriotas e que consigam evitar essa tragédia com o nosso Brasil

    Comentário referente a notícia: O que há por trás da questão indígena: criar 600 reservas? Travar metade do território nacional? Ou manter dinheiro nas ONG's?

    2
  • VIRGILIO ANDRADE MOREIRA GUAIRA - PR 21/06/2019 19:00

    Estah na hora de acabar com esta festa, e reverter metade das reservas criadas. Raposa Terra do Sol,, Suiá Missu e etc....

    Comentário referente a notícia: O que há por trás da questão indígena: criar 600 reservas? Travar metade do território nacional? Ou manter dinheiro nas ONG's?

    5
    • J. D.COSTAPATO BRANCO - PR

      Bandidagem do campo quer acabar com reservas ambientais. Vcs deveriam ser presos.

      79
  • GABRIEL HENRIQUE MARCÃO SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - SP 21/06/2019 17:00

    0
  • CARLOS RODRIGUES - 21/06/2019 14:14

    Preços melhoram se deixarem de fazer tanta propaganda de aumento de plantio de café....

    Comentário referente a notícia: Café: Futuros na Bolsa de NY recuam nesta 6ª em ajustes e com previsão do tempo no Brasil

    0
  • ANGELO MIQUELÃO FILHO APUCARANA - PR 21/06/2019 13:09

    Seguro agrícola ou seguro de produção? ... Ainda há pouco recebi aqui em minha propriedade um funcionário de uma determinada cooperativa, me trazendo novidades..., novidades as quais de imediato repudiei e, deixei bem claro o porquê do repudio... Fala-se muito em seguro agrícola, seguro este que favorece a tão somente os cedentes de crédito, sejam bancos, cooperativas ou lojas de insumos, onde e, por não terem acesso ao crédito bancário, estes se sujeitam as normas e juros por eles estabelecidos etc. Mas voltemos ao seguro, bem, cabe aqui uma ressalva, afinal o agricultor é quem paga o seguro para os cedentes do crédito, seja o crédito em dinheiro ou mercadorias, insumos agrícolas. Pois bem, acontece que eu vejo uma injustiça neste "seguro", penso que as cooperativas, bancos e afins, deveriam ter uma participação nos custos destes seguros e não tão somente empurrar para cima dos tomadores de crédito, afinal eles também querem vender, seja o dinheiro, seja os insumos e, portanto nada mais justo que arcarem com 50% dos custos do seguro agrícola. Ou então que estabeleça um seguro de produção, este tomaria como base os últimos cinco anos de produção do assegurado, se nestes cinco anos a média fosse de 130 sacas de soja, o seguro contemplaria esta produção em caso de sinistro, garantindo assim a renda do agricultor e não somente a das cooperativas e afins. Hoje está na moda as cooperativas, lojas de insumos e até mesmo os bancos, obrigarem os tomadores de crédito a pagarem por um seguro que eles mesmos vendem, o que vai contra as leis do CDC e claramente caracteriza a venda casada, que é quando um consumidor quer adquirir um produto ou serviço específico mas o estabelecimento o induz ou condiciona a venda dele à contratação de outro produto ou serviço não desejado inicialmente, de uma forma forçada. É uma prática indutiva, abusiva e lesiva a todos nós agricultores e consumidores de modo geral.
    Eu contratei um seguro de milho safrinha, foram mais de nove mil e seiscentos reais, ou seja, mais de trezentas sacas de milho de custo para mim, eu consideraria justo que a empresa cedente pagasse no mínimo a metade, não vejo justiça em fazer ou arcar com um seguro que garanta somente os interesses de outros.
    Não sei se consigo me fazer entender, mas sei o quanto me custa ser agricultor no Brasil, onde e, além das muitas pragas e instabilidades climáticas, ainda somos obrigados a pagar por coisas que não nos conferem nenhuma vantagem, sem contar o ônus ambiental que recai sobre nossas costas, que ao meu ver é também injusto. As empresas e bancos querem toda as garantias, mas não dão se quer uma pá de terra em garantia das nossas produções ou do dinheiro resultante destas quando lá depositados. A faca é de um lado só, corta apenas a nossa carne, quando deveria cortar a de todos os envolvidos no processo. Estamos sofrendo exigências a todo momento, mas não há sinais de uma contrapartida por parte dos envolvidos que ficam do outro lado da mesa e, assim não dá mais, daqui a pouco poucos resistirão e muitos desistirão desta profissão que gera divisas e protege a vida de cada ser humano no Brasil e no mundo.

    2
    • LUIZ ALFREDO VIGANÓMARMELEIRO - PR

      Alguém uma vez me disse: "quando a agricultura vai bem, todos vão bem; quando a agricultura vai mal, só o agricultor vai mal"... Infelizmente é assim, os ônus e riscos da atividade somente são assumidos por nós, enquanto o restante da cadeia continua a manter sua margem de lucro. E dá-lhe cooperativas e empresas agrícolas a estimular safrinha, troca de máquinas, adubos milagrosos (e caríssimos) , sem falar nos tais "foliares", que aumentam em 10% a produção (mas sempre na lavoura do vizinho)... A meu ver a solução é plantar olhando sempre o custo-benefício, sem mágicas e perfumarias..., ou como disse um outro cara, "as vezes, menos é mais"...

      1
  • ARCENILDO SONZA JUNIOR - 21/06/2019 12:21

    Quais seriam as "culturas de cobertura" possíveis ?

    Comentário referente a notícia: USDA muda regras e torna Prevent Plant ainda mais atrativo, diz economista dos EUA

    0
    • LIONES SEVEROPORTO ALEGRE - RS

      Milho e sorgo nos EUA: sem prejuízo para as lavouras que estão sob seguro, porém somente podem destinadas para silagem - com corte da colheita em 1.o de setembro.

      0
  • LUAN HENRIQUE GUIMARÃES DO NASCIMENTO TAQUARITUBA - SP 21/06/2019 10:59

    Agora é a hora pra rentabilidade dos produtores.

    Comentário referente a notícia: USDA muda regras e torna Prevent Plant ainda mais atrativo, diz economista dos EUA

    1