Governo Federal garante apoio aos municípios atingidos pelo granizo em estados do sul

Publicado em 23/12/2011 16:23 298 exibições
O deputado federal Afonso Hamm (PP-RS) participou na sexta-feira de reunião com o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, na Delegacia do Ministério da Agricultura, em Porto Alegre. Na pauta, os estragos causados pelo temporal de granizo ocorrido no dia 14 de dezembro. Somente na Serra Gaúcha, 12 municípios foram atingidos.
 
Na oportunidade, o ministro anunciou medidas emergenciais direcionadas aos produtores prejudicados pelas intempéries climáticas, com o propósito de minimizar os estragos em parreirais e plantações. O ministro anunciou a prorrogação de operações de custeio pactuados e já autorizados, Programas e Linhas de Financiamento pelo Pronaf/Pronamp para novos pomares e telas de plástico para proteção das frutas, além de melhor acessibilidade para linhas de créditos.
 
Conforme o secretário de política agrícola do Ministério da Agricultura, Caio Rocha, foram anunciados apoio de R$ 130 mil por produtor inserido no Programa Mais Alimentos, com taxa de juro de 3%, três anos de carência e prazo de 10 anos para pagar. Já, para os produtores de grande porte, o valor disponibilizado por produtor é de R$ 300 mil, com três anos de carência, 12 anos para pagar e com juro de 6.75%.
 
Mendes Ribeiro também manteve contato com o BNDES, do qual acertou para as linhas dos programas BNDES/MAPA a renegociação das parcelas vencidas no período até o limite de 8% do valor do saldo. Assim, a  parcela é prorrogada para um ano após o vencimento final da operação.
 
Caio Rocha informa que os produtores já podem procurar o Banco do Brasil, munidos do laudo da ocorrência em sua propriedade, para busca de crédito.
 
O levantamento prévio apresentado pela Emater contabiliza prejuízos em 1.245 propriedades, 3.434 hectares com pomares comerciais, em uma estimativa de perda de aproximadamente R$ 60 milhões.
 
Grupo de Trabalho
 
Na oportunidade, Hamm destacou sobre a importância dessas medidas que irão amenizar os prejuízos dos produtores. Ainda ressaltou sobre a necessidade da preparação de um plano de reestruturação, buscando alguns subsídios. “É fundamental apresentar soluções que garantam a tranquilidade do produtor para o recomeço de uma nova safra”, salienta Hamm, que na Câmara dos Deputados lidera a Frente Parlamentar da Fruticultura.
 
Para dar sequência ao levantamento da Emater e contribuir com aqueles produtores que não se enquadram nos requisitos para serem contemplados com a medida, foi montado um grupo de trabalho para buscar alternativas com objetivo de atender aos produtores prejudicados com o granizo. O grupo será formado por integrantes do MAPA, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Governo do Rio Grande do Sul, Fetag, Farsul e Câmaras Setoriais. Está marcado um novo encontro no dia 9 de janeiro, para apresentação as propostas e o levantamento total dos prejuízos.
Tags:
Fonte:
AI Deputado Afonso Hamm

0 comentário