No Valor: Seca afeta produção de grãos no Sul do Brasil

Publicado em 26/12/2011 09:36 1654 exibições
A escassez de chuvas dos últimos dois meses, reflexo do fenômeno climático La Niña, prejudica a safra de grãos na região Sul do Brasil. "Ainda não estimamos as perdas, mas a situação está difícil e os prognósticos para janeiro não são bons", afirma o gerente técnico da Emater-RS, Dulphe Pinheiro Machado Neto.

No Rio Grande do Sul, cerca de 50% das lavouras de milho estão na fase de floração e enchimento de grãos, período em que a água é essencial e sua escassez afeta a produtividade. As lavouras do norte do Estado, que estão justamente nessa fase, diz Machado Neto, são as mais afetadas.

Segundo Turra, cerca de 30% da safra de milho do Paraná, principal Estado produtor do país, também corre riscos. "O impacto é menor para o milho porque sua produção está concentrada na região centro-sul, onde a seca é menos grave", revela. Conforme a Conab, a área plantada do grão na safra 2011/12 no Estado deve atingir 4,5 milhões de hectares, enquanto a produção deve alcançar 13,1 milhões de toneladas.

Apesar da preocupação, Turra diz que as chuvas esperadas para o fim de semana podem aliviar a situação das lavouras que foram plantadas mais tarde e que, em consequência, ainda não atingiram o estágio de floração e enchimento de grão. "Nas outras lavouras, porém, a perda já está concretizada. E é expressiva", afirma.

Veja a notícia completa no site do Valor Online
Tags:
Fonte:
Valor Online

0 comentário