SICOOB CASCAVEL: Nova força no crédito rural

Publicado em 22/02/2012 05:23 542 exibições


O crédito rural é o mais novo foco do Sicoob Cascavel. E o ingresso no segmento se dá com um portfólio que reúne todos os produtos e serviços tradicionalmente oferecidos pelo sistema financeiro. Entre eles, crédito para custeio e investimento agrícola e pecuário e, inclusive, linhas especiais com recursos do BNDES.

A cooperativa de crédito cascavelense recebeu autorização do Banco Central, para trabalhar com crédito rural, em 2010. As primeiras operações, para conhecer essa ferramenta, foram realizadas em 2011. Agora, em 2012, projeta a consolidação da sua presença no setor. “A meta é fechar o ano com R$ 20 milhões em contratos”, informa o seu presidente, Guido Bresolin Júnior.

Segundo ele, esse objetivo poderá ser atingido facilmente. As razões apontadas para esta expectativa são o perfil econômico da região, que tem como um dos principais motores o agronegócio, e a agilidade do Sicoob para avaliar propostas. “A aprovação não depende de análise e decisões de fora”, acentua o diretor.

10 ANOS

O Sicoob foi fundado em Cascavel no ano 2001. Durante a primeira década, direcionou negócios para o empresariado urbano. Hoje conta com 9 mil associados, administra R$ 68 milhões em recursos e possui 4 agências no município e uma em Corbélia. Os planos prevêem novas unidades de atendimento em Céu Azul e Quedas do Iguaçu até 2013.

A cooperativa de crédito pertence aos seus associados locais, que escolhem dirigentes, aprovam ações e participam dos resultados. No Paraná, ela faz parte de uma central formada por 22 singulares. Presente em todos os estados, o sistema constituiu um banco, o Bancoob, para atuar no mercado financeiro.

O Sicoob se estruturou a partir dos estados de São Paulo, Goiás, Minas Gerais e Santa Catarina, voltado exatamente para o crédito rural. Essa é a principal carteira do sistema, com mais de R$ 2,6 bilhões em recursos aplicados. “Essa especialização na área rural dá suporte às operações em Cascavel”, frisa Bresolin Júnior.

Fonte: Revista SindiRural

Tags:
Fonte:
Revista Sind.Rural Cascavel (PR)

0 comentário