Embrapa indica cultivares de amendoim para o Nordeste

Publicado em 23/03/2012 13:42 552 exibições
Como o amendoim tem grande importância socioeconômica e alimentar para o Nordeste brasileiro, inclusive para a agricultura familiar, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, disponibiliza para os produtores de sementes três cultivares com alto potencial produtivo e industrial.

O amendoim é uma leguminosa originária da América do Sul, rica em óleo, proteínas e vitaminas, além de ser importante fonte de energia e aminoácidos. No século XVIII foi introduzido na Europa e no XIX difundiu-se do Brasil para a África e, ainda, do Peru para as Filipinas, China, Japão e Índia. Atualmente o amendoim é apreciado em praticamente todos os países pelo seu incomparável sabor e versatilidade de uso em pratos salgados, em doces e pela indústria de óleos, entre outras aplicações.

Com esse diversificado potencial, o amendoim passou a ser uma das leguminosas produtoras de grãos mais plantadas em todo o mundo, tendo adquirido relevância na alimentação de alguns países da América Latina, da África e da Ásia. Desempenha ainda importante papel social na segurança nutricional e na sustentabilidade da agricultura em áreas áridas e semiáridas de diversos países dos cinco continentes. Em geral, o sistema de produção típico da Arachis hypogaea L., nome científico do amendoim, demanda poucos insumos e baixa mecanização.

No Brasil, para a primeira safra deste ano, a produção esperada do amendoim (em casca) é de 237 mil toneladas e a área a ser colhida é de 79.627 hectares, 4,2% maior que a área colhida na safra anterior, conforme o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de janeiro de 2012, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Mercado do amendoim – São Paulo destaca-se como o maior produtor nacional desse produto e, atualmente, o Sudeste do Brasil é a região com a maior área plantada (mais de 70%), seguido pela região Nordeste (cerca de 15%), cujos principais estados produtores são Bahia, Ceará, Sergipe e Paraíba.

CULTIVARES DE AMENDOIM

A Embrapa indica para a próxima safra do Nordeste as cultivares BR-1, BRS 151 L7 e BRS Havana desenvolvidas pela Embrapa Algodão (PB). Elas apresentam moderada tolerância à pinta preta, à mancha parda, possuem ciclo curto, porte ereto, adaptação ao semiárido brasileiro e atendem ao mercado de grãos – tanto na forma in natura como para indústria.

BR-1 - produz, em média, 1.700 kg/ha de amendoim em casca, quando cultivado no período das águas. Em condições irrigadas seu rendimento em casca está em torno de 3.800 kg/ha. A cultivar é indicada para plantio nas regiões de tabuleiros costeiros do Estado de Sergipe, na Zona da Mata, Agreste e Vales irrigados de Pernambuco, na região do Recôncavo Baiano e no Agreste e Brejo da Paraíba. 

BRS 151 L7 - tolerante ao estresse hídrico e indicada para cultivo de sequeiro e irrigado no Nordeste brasileiro. Em regime de sequeiro, essa cultivar apresenta rendimento médio de 1.850 kg/ha em vagens e, em regime irrigado, demonstra potencial produtivo de 4500 kg/ha, com rendimento de semente de 71%. Essas cultivares foram testadas e indicadas para os estados da Paraíba, Pernambuco e Sergipe.

BRS Havana - indicada para cultivo sob condição de sequeiro e irrigado no Nordeste brasileiro. Nos ensaios conduzidos nessa região, a BRS Havana apresentou rendimento semelhante ao da BRS 151 L7, tanto em relação ao desempenho médio (1.850kg/ha em vagens) como em relação ao potencial de produção no regime irrigado (cerca de 4.500kg/ha), cujo rendimento em sementes situa-se em 70%. Recomendada para os estados da Paraíba, Bahia, Pernambuco, Ceará e Sergipe.

Para que os produtores obtenham melhores resultados no cultivo do amendoim, a Embrapa recomenda que seja observado o Zoneamento Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

INFORMAÇÕES SOBRE AQUISIÇÃO DE SEMENTES

Escritório de Negócios da Embrapa Transferência de Tecnologia em Campina Grande
Rua Osvaldo Cruz, 1.143, Centenário - Caixa Postal 174
CEP 58.107-720 – Campina Grande (PB)
Fone: (83) 3341-2314

Mais informações sobre as cultivares da Embrapa na Página de Negócios de Cultivares: http://snt.sede.embrapa.br/produtos/index/
Tags:
Fonte:
Embrapa

0 comentário