Nordeste terá medidas para amenizar prejuízo da seca

Publicado em 13/04/2012 12:24 473 exibições
Acre e Amazonas também serão beneficiados com a decisão do governo por conta da chuva em excesso.
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) anunciou nesta sexta-feira, 13 de abril, em Brasília, algumas medidas antisseca para aliviar os prejuízos dos produtores da região Nordeste do país. Os estados do Acre e Amazonas também serão beneficiados com a decisão, mas por conta da chuva excessiva na região.

O socorro chega por meio da prorrogação até 31 de dezembro deste ano das parcelas de custeio e investimentos, vencidas ou a vencer, dos produtores rurais das respectivas regiões em situação de emergência. No Nordeste, causada pela estiagem, e no caso da Amazônia e do Acre, pela chuva excessiva. Essa medida poderá ser prorrogada por um até cinco anos.

Segundo o secretário de Política Agrícola, Caio Rocha, o ministério recebeu a demanda de 300 municípios em situação de emergência no Nordeste, encaminhou proposta ao Ministério da Fazenda que deu o aval para a operação.  “Com essa medida, o governo dá condições para que se estabeleça a reconstrução da produção pelos agricultores afetados tanto pela seca no Nordeste, quanto pela chuva no Acre e Amazonas”, salientou. Rocha disse ainda que o ministério está atento às situações e no aguardo de novos relatórios das localidades afetadas pelas oscilações do clima.
Tags:
Fonte:
Mapa

0 comentário