Estiagem provoca queda de 21,7% no consumo de fertilizantes no RS

Publicado em 25/04/2012 10:36 572 exibições
A estiagem provocou uma queda de 21,7% nas entregas de fertilizantes no Estado no acumulado dos três primeiros meses de 2012, segundo informou o presidente do Sindicato da Indústria de Adubos do Rio Grande do Sul (SIARGS), Torvaldo Antonio Marzolla Filho. No período, foram entregues 260 mil toneladas, contra 332 mil toneladas no primeiro trimestre do ano passado. 

Já em nível nacional, as entregas totalizaram 5,3 milhões de toneladas, o que representou um crescimento de 6,9% em relação aos três primeiros meses de 2011, quando foram da ordem de 4,9 milhões de toneladas. 

Na Região Sul – RS, Santa Catarina e Paraná, as entregas somaram 1,0 milhão de toneladas neste ano, contra 1,2 milhão de toneladas no primeiro trimestre de 2011, configurando um decréscimo de 13,2%. 

Apesar desse quadro, a expectativa é de recuperação nas vendas para a preparação do plantio das culturas de inverno, com destaque para o trigo. Isto porque, embora tenha havido forte declínio dos volumes de produção em virtude da estiagem, tais perdas foram parcialmente compensadas pela valorização dos preços das commodities no mercado internacional, resume Marzolla.
Tags:
Fonte:
SIARGS

1 comentário

  • ivo angelo rossoni fava Redentora - RS

    Consumo em baixa preços nas alturas. Alta na uréia beira 20%, e nos formulados, algumas fórmulas já ultrapassam os 10%, tudo nos últimos 30 dias.

    A alta nos fertilizantes somado ao alto preço da semente de milho já faz muitos plantadores de milhos tradicionais reverem as intenções de plantio. É claro que a diminuição de área vai acontecer.

    Soja com ótimos preços, com possibilidade de melhorar.

    Milho, caindo os preços, com possibilidade concreta de piorar.

    0