Justiça concede à JBS liminar contra Greenpeace

Publicado em 13/06/2012 13:31 581 exibições
Juiz determina que ONG radical suspenda a veiculação de relatório contendo informações falsas e difamatórias sobre a companhia.
A Justiça brasileira determinou que a Organização Não Governamental (ONG) radical Greenpeace suspenda imediatamente a veiculação do relatório difamatório produzido contra a JBS e divulgado na semana passada. A ONG terá que retirar o documento e todo o conteúdo de seu website e não poderá veiculá-lo em nenhum formato, seja ele eletrônico, físico e até mesmo falado. A decisão judicial determina ainda que o Greenpeace deixe de endereçar o relatório aos clientes e fornecedores da companhia.
Caso não cumpra a decisão judicial, a ONG radical deverá pagar uma multa diária de R$ 50 mil até que a determinação esteja atendida. O ofício com a intimação sobre a decisão do juiz Sérgio Divino Carvalho, da 12ª Vara Cível será entregue ainda hoje aos representantes do Greenpeace.
A decisão da Justiça ocorre menos de uma semana após a JBS identificar uma série de graves falhas publicadas em um documento irresponsável e inconsequente divulgado pelo Greenpeace depois da conclusão de uma análise da equipe técnica da companhia de todos os pontos levantados pela ONG. Essa análise culminou na produção e divulgação de um relatório por parte da direção da JBS, demonstrando que todas as informações publicadas pela ONG radical estavam integralmente equivocadas. Esse relatório pode ser acessado pelo seguinte link: http://jbs.riweb.com.br/JBS/Show.aspx?id_materia=N2fz1nMZ6MRqHCvyCTu28A.
Na semana passada, a própria ONG reconheceu em entrevistas à imprensa brasileira que o relatório divulgado contra a JBS continha graves erros. Procurada por alguns dos principais jornais do país, após o posicionamento da companhia, o Greenpeace foi obrigado a reconhecer que as informações difamando o trabalho da JBS estavam equivocadas.
A JBS reafirma seus compromissos socioambientais e permanecerá sempre aberta ao diálogo, buscando construir uma sociedade economicamente viável, ambientalmente correta e socialmente justa.
Tags:
Fonte:
AI JBS

0 comentário