Comissão da Câmara aprova compra de terras por estrangeiros

Publicado em 14/06/2012 08:03 476 exibições
A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados aprovou nessa quarta-feira (13) o relatório que permite a aquisição de grandes extensões de terras por empresas brasileiras controladas por estrangeiros. O limite atual é de até 100 módulos ficais. O relatório substitutivo do deputado Marcos Montes (PSD-MG) foi aprovado há três semanas na subcomissão criada para tratar do assunto. 

O texto propõe que empresas brasileiras com capital estrangeiro sejam tratadas como empresas nacionais, sem limite para aquisição de terras. As empresas e pessoas físicas estrangeiras, que atualmente têm limite de aquisição de 100 e 50 módulos fiscais, respectivamente, passam a poder adquirir até um quarto da área do município onde se encontra a propriedade rural.

A proposta também dispensa autorização ou licença do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para aquisição por estrangeiros de imóveis rurais de até quatro módulos fiscais e arrendamento de até dez módulos fiscais. A legislação atual estabelecia o limite de até três módulos de exploração indefinida. 

A aquisição de terras por organizações não governamentais (ONGs) com capital estrangeiro ou sede fora do Brasil, que não é mencionada na legislação atual, é vedada na nova proposta. Com a aprovação, o relatório será transformado em projeto de lei e distribuído para análise de outras comissões para, então, ser votado no Congresso Nacional.
Tags:
Fonte:
Agência Brasil

1 comentário

  • Augusto Mumbach Goiânia - GO

    Opa!!! Que bacana, hein? O agricultor brasileiro vê suas terras sendo tomadas por uma legislação florestal apadrinhada por ONGs estrangeiras o que tem debilitado economicamente o produtor rural, obrigando alguns a vender o que sobra. Enquanto isso, é liberada a compra de terras por estrangeiros. Estrangeiro não tem que comprar terra. Estrangeiro tem que comprar floresta para eles ficarem olhando os passarinhos, as onças, os peixinhos, as arvorezinhas, as florzinhas e os veadinhos. Sem derrubar nada. E viva a hipocrisia ambiental. E viva a imbecilidade do povo brasileiro. Essas reservas que estão sendo formadas em nosso país de cegos, quando faltar comida no mundo, serão todas desmatadas... POR ESTRANGEIROS. E o brasileiro imbecilóide vai ficar vendo navios.

    0