Mapa encaminha alternativas para armazenagem de grãos

Publicado em 04/07/2012 07:16 486 exibições
Mapa e Conab participaram da audiência pública com demais entidades do agronegócio
A armazenagem de grãos no país e os programas federais de infraestrutura para a estocagem foram discutidos na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural, nessa terça-feira (03), durante audiência pública na Câmara dos Deputados. O Brasil, atualmente, precisa de aproximadamente R$ 15 bilhões em recursos para equalizar produção e estocagem. 

Sabendo que a produção brasileira de grãos vem aumentando a cada safra e da falta de capacidade para escoamento, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), no início do ano, instituiu o Grupo de Trabalho da Armazenagem. O GT é constituído por representantes do Governo, entidades do setor e iniciativa privada com o objetivo de fazer um diagnóstico da situação dos armazéns no País. “O grupo objetiva reestruturar o setor no Brasil e identificar os gargalos existentes para poder dimensionar um parque de armazenagem que seja compatível com a produção nacional de grãos”, explicou o coordenador do Serviço de Infraestrutura, Logística e Aviação Agrícola do Mapa, Carlos Alberto Nunes Batista. 

O Plano Nacional de Armazenagem vai minimizar os problemas da estocagem, uma vez que o País tem uma capacidade de armazenamento aquém do tamanho da safra e boa parte das unidades não tem condições de armazenar os grãos pelo período necessário sem comprometer a qualidade. “O grupo vem se reunindo com freqüência e está finalizando o diagnóstico para definir as estratégias de ações de propostas dentro do plano”, disse Carlos Alberto. 
Tags:
Fonte:
Mapa

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário