Acesso gratuito à vacina da aftosa no RS requer revisão do cadastramento

Publicado em 24/01/2013 14:13
296 exibições
O grupo executivo de planejamento da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa recomendou, após reunião realizada na Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, a verificação prévia da situação de cadastro pelos produtores que querem retirar a vacina contra a doença gratuitamente na primeira etapa da campanha. 

Essa verificação já pode ser feita junto aos sindicatos rurais e de trabalhadores rurais de cada município. Após a verificação, o produtor será incluído em uma planilha de enquadramento ou receberá um documento, que deve ser levado no dia da retirada da vacina. 

Para ter direito às doses gratuitas, o produtor precisa estar enquadrado nos critérios do Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) ou do Programa Estadual de Apoio à Pecuária Familiar (Pecfam), além de possuir, no máximo cem bovinos ou búfalos. Os principais requisitos são: possuir área com até quatro módulos fiscais, renda mínima de 30% na atividade, usar mão de obra familiar e residir na propriedade rural ou local próximo. Atualmente, 74% dos proprietários de bovinos ou búfalos no Rio Grande do Sul têm direito às vacinas gratuitas 

O grupo executivo é composto pela Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Fundo de Defesa Sanitária Animal (Fundesa), Ministério da Agricultura, Farsul e Fetag, e se reunirá novamente no dia 6 de fevereiro. O principal objetivo do grupo é garantir a participação e o interesse do produtor no processo de vacinação e na defesa sanitária. 

O produtor que tiver alguma dúvida pode entrar em contato com a Inspetoria Veterinária da sua localidade. Para saber o telefone e o endereço do serviço mais próximo, basta acessar o site da Secretaria da Agricultura, no link "A Secretaria".
Tags:
Fonte Governo do Estado do RS

Nenhum comentário