Publicidade

Líderes Que Não Renunciam!!!, por Stephen Kanitz

Publicado em 13/02/2013 18:23 591 exibições
Líderes Que Não Renunciam !

Renúncia não é um evento inusitado. É coisa normal.

Anormal foram os 600 anos nos quais Papas não renunciavam quando ficavam inoperantes e gagás.

O que nos afeta hoje são os líderes brasileiros que não renunciam, apesar de estarem anos no poder.

Exemplos como meu amigo Abram Szajman, há quase 30 anos como líder da Federação do Comércio, que há anos precisa de uma renovação.

Um verdadeiro líder precisa de menos de 5 anos para implantar as suas idéias pelas quais foi eleito, não 30.

Trinta anos atrapalha a geração de novas idéias e o progresso da classe.

Poderia citar mais 50 casos como estes, mas não posso me indispor com gente que eu conheço.

Gente bem intencionada, ávida por mudanças no início, ávida por poder no final.

 Lula é outro caso que parece estar sucumbindo a picada da mosca branca.

Publicidade

Espero que o exemplo do Papa Bento sirva de exemplo para todos aqueles que ainda querem se manter eternamente no Poder, como todos os Papas anteriores.

Um líder hoje em dia, tem 5 anos ou menos para implantar as suas idéias.

Se não conseguiu é porque não é o líder certo, ou pior, vai implantar novas idéias que nunca tinha pensado antes. Um perigo.

Bento XVI se preparou por 78 anos, já sabia o que teria que fazer.

Implantou o que pode, fracassou onde fracassou, e sabe que é hora de mudar de liderança.

Não tem nada haver com velhice, minha gente, Bento XVI já era velho quando assumiu.

Tem haver com período de liderança, e os 7 anos que ficou já era de bom tamanho, para o mundo dinâmico de hoje.

Espero que a renúncia do Papa leve mais adiante esta discussão, e inicie  a renúncia em massa de muitos de nossos "líderes" que querem se manter no Poder e não servir a causa para qual foram eleitos.

 

Tags:
Fonte:
Blog Stephen Kanitz

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário