Helicoverpa: Uma praga que requer tratamento VIP

Publicado em 26/03/2013 08:35 e atualizado em 26/03/2013 09:47 1996 exibições
Por Olir Ricardo Seidel, técnico, pesquisador e consultor em agropecuária
No cenário da agricultura a praga do tipo helicoverpa e suas variantes já são bem conhecidas, no entanto sua severidade aumentou na medida em que vivemos o longo período de veranico, uma vez que nesta situação esta praga também acelera o seu desenvolvimento e agressividade aumenta, pois também sente-se ameaçada e necessita ingerir mais alimentos para completar seu ciclo eficazmente, com isso o aumenta também o numero de gerações em uma mesma cultura. Portanto, sua reprodução é acelerada e como que um efeito dominó aumentando assim o ataque às lavouras instaladas. 

Creio que este foi um dos fatores que tornaram seu ataque mais severo e afrontaram os produtores rurais de soja, que registraram as maiores perdas por helicoverpa, mas não foi apenas a helicoverpa, a lagarta da maçã também atacou bastante a cultura da soja devorando flores, vagens e brotos novos. 

Ocorre que a helicoverpa precisou se ajustar para permanecer viva na lavoura, utilizando-se da sua facilidade para adaptar-se as doses e agrotóxicos mal aplicados na lavoura, e assim conseguir sobreviver e retornar novamente ao sistema mais resistente ainda.

Assim como muitas surgiram de lavouras vizinhas, onde se errou também na soja e no algodão ou ainda em outra cultura, vindo mais forte para as lavouras vizinhas onde os agricultores costumam fazer o que aprenderam a duas ou três safras anteriores, porém isso deixou de funcionar. Partiu-se então para o aumento da vazão e mistura de produtos com doses ainda insuficientes e nada funcionou novamente, enquanto isso aumentou o custo de controle e os danos na lavoura. Uma verdadeira guerra foi vencida pela helicoverpa.

Clique aqui  para continuar a leitura do artigo. 
Tags:
Fonte:
Olir Ricardo Seidel

1 comentário

  • Luiz Carlos Pasquim Sobrinho Acreuna - GO

    Logo teremos no campo o "consultor para controle de pragas", especializado. Custo de "X" por hectare!!! Renda no campo será um sonho eterno, que nunca chegará a ser real.

    0