Monsanto evitar criticar USDA, após aprovação adiada de nova semente

Publicado em 15/05/2013 09:31 513 exibições

O presidente da Monsanto, a maior companhia de sementes do mundo, disse hoje não acreditar que o sistema regulatório americano tenha se tornado muito “incômodo”. O comentário foi feito uma semana depois de o Departamento de Agricultura do país (USDA) ter adiado a aprovação comercial de um novo produto desenvolvido pela empresa. Hugh Grant diz não estar “demasiadamente preocupado” com a decisão do USDA de pedir um estudo ambiental mais aprofundado a respeito de duas variedades de sementes de algodão e de soja  geneticamente modificadas para tolerar o herbicida dicamba. “Há muita conversa de que o sistema está quebrado”, disse Grant, na sede da empresa. “A realidade é que os Estados Unidos têm tido na última década e meia um sistema funcional”.

Veja a notícia na íntegra no site do Valor Econômico.

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário