Arroz: Federação alerta para o prazo de renegociação das dívidas

Publicado em 21/07/2013 21:40 326 exibições

A Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) alerta aos produtores gaúchos que pretendem renegociar as dívidas bancárias, de que vence no próximo dia 31 de julho o prazo para formalizarem o pedido às agências. No site www.federarroz.com.br há uma carta-modelo para o agricultor formalizar interesse na adesão ao Programa de Renegociação de Dívidas Originárias de Operações de Crédito Rural, estabelecidas pelas resoluções 4.161 e 4.230 do Bacen.

A efetivação do contrato pelos bancos e o pagamento da primeira parcela de 10% da dívida, pelos produtores, tem prazo final no dia 30 de agosto próximo. Como há rizicultores que enfrentam dificuldades com alguns bancos privados, que impõem barreiras à repactuação nos termos aprovados pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), a Federarroz retomou os contatos com a direção da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), solicitando que esta recomende maior flexibilidade às instituições filiadas.

O presidente da Federarroz, Renato Rocha, anunciou que a entidade fará um levantamento para identificar o volume não renegociado e o número de produtores envolvidos. Já o presidente eleito da entidade, Henrique Dornelles, destaca que “a Federarroz colocou muita energia para tratar da renegociação das dívidas setoriais, pois este se trata de um tema prioritário e determinante para o equilíbrio de muitos arrozeiros. O alerta é feito porque não podemos jogar fora todo o esforço para construir essa política de repactuação, inclusive o empenho pessoal de diversas lideranças setoriais e governamentais”, enfatiza.

Tags:
Fonte:
Federarroz

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário