Governo permite importação de defensivos contra Helicoverpa em casos de emergência

Publicado em 26/09/2013 11:00 e atualizado em 26/09/2013 11:48
1859 exibições

Plenário da Câmara aprova Medida Provisória que amplia capacidade de armazenagem de grãos no país

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na noite de quarta, dia 25, o projeto de lei de conversão do deputado João Carlos Bacelar (PR-BA) para a Medida Provisória 619/13, que estabelece ações para ampliar a capacidade de armazenagem de grãos no país, no âmbito do Plano Safra 2013/2014. O texto já havia sido aprovado por Comissão Mista da Câmara na manhã de quarta.

O texto foi aprovado com uma emenda que permite a importação e aplicação, em casos emergenciais, de defensivos contra a lagarta helicoverpa. A inclusão do tópico foi uma promessa da ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann.

Na apreciação da MP na comissão mista, foram incluídos diversos dispositivos sobre vários assuntos. Eles foram aprovados, em sua maioria, pelo plenário da Câmara. A MP segue agora para análise e votação do Senado Federal.

Com informações da Agência Câmara. 

Leia a notícia na íntegra no site do Canal Rural

No link abaixo, veja a entrevista sobre o assunto com o Deputado Federal João Carlos Bacelar - PR/BA

>> Deputado Federal João Carlos Bacelar - PR/BA - Programa Mercado & Cia

No Cenário MT: Governo decreta estado de emergência e libera importação de defensivos contra Helicoverpa

O governo federal autorizou a importação de defensivos químicos para conter o avanço da lagarta helicoverpa nas lavouras de algodão, soja, milho entre outras culturas em todo o território nacional. 
 
O Palácio do Planalto publicou decreto de emergência fitossanitária que está inserido na Medida Provisória número 619/2013. O texto está na pauta da Câmara Federal para ser aprovado. 
 
A liberação da importação dos defensivos atende a uma reivindicação da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) e das entidades do setor produtivo rural. 

Leia a notícia na íntegra no site do Cenário MT.

Tags:
Fonte: Canal Rural + Ag. Câmara

0 comentário