Publicidade

Helicoverpa Armigera: Paraná irá montar rede de monitoramento

Publicado em 14/11/2013 07:52 734 exibições

O aparecimento da lagarta Helicoverpa Armigera na safra 2012/2013 motivou o Estado a iniciar uma rede de monitoramento. Serão escolhidas algumas propriedades em todas as regiões para a coleta da espécie e o material será enviado para a Embrapa Soja. Os dados compilados pela empresa serão repassados para a Agência de Defesa do Paraná (Adapar) e ajudarão a planejar as ações de controle. Desde que foi registrado o seu aparecimento em pés de algodão no oeste da Bahia, a Helicoverpa vem preocupando o setor produtivo.

Até o ano passado, a lagarta era encontrada em propriedades por toda a Europa, e agora estima-se que já esteja em várias regiões do Brasil. Esse foi o primeiro registro de ocorrência no Continente Americano da praga ataca diferentes culturas como a soja, milho, feijão, trigo e sorgo – não importando se as plantas são convencionais ou transgênicas. De acordo com o engenheiro agrônomo e fiscal da Adapar de Campo Mourão, José Alcir, o perigo é recente e por isso não há dados concretos. “Surgiu agora então estamos monitorando e estudando como lidar com a Helicoverpa Armigera”, comenta antes de explicar que apesar de novidade, é importante que o agricultor tenha a identificação correta e comece a planejar o controle.

Leia a notícia na íntegra no site do jornal Tribuna do Interior.

Tags:
Fonte:
Tribuna do Interior

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário