Em solenidade, José Mário Schreiner se afasta da Faeg e do Senar Goiás

Publicado em 05/06/2014 08:33 428 exibições

Com nervosismo e a certeza de uma gestão eficiente, José Mário Schreiner se afastou da presidência da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) e do Conselho Administrativo do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) Goiás na manhã desta quarta-feira (4). A solenidade de transmissão de cargo a Leonardo Ribeiro foi realizada na sede da federação e contou com a presença do governador do Estado, Marconi Perillo; do vice-governador José Eliton; do deputado federal Vilmar Rocha, entre outras autoridades. No total, mais de 400 pessoas participaram do evento.

À frente da presidência da Faeg e do Senar Goiás há mais de cinco anos, José Mário relembrou alguns dos programas voltados para a saúde e educação executados pelas duas casas como: Campo Saúde, Agrinho, Pronatec, Balde Cheio. Além disso, falou sobre a importância do setor para a economia do país.  “Não fosse o setor agropecuário, o Brasil estaria amargando um PIB negativo. Temos muitas conquistas dos últimos anos e vamos avançar ainda mais. Hoje me licencio da Faeg para me dedicar a um novo projeto, um novo desafio”, completou.

Segurando as lágrimas, Schreiner agradeceu aos amigos que o ajudaram até o momento, e à família goiana que o acolheu de braços abertos. “Eu sempre estive entre amigos; quando assumi associação de produtores, cooperativas, sindicato. Foi na mão de amigos que cheguei aonde cheguei, passando pela Agência Rural e pela Seagro (Secretaria Estadual de Agricultura Pecuária e Abastecimento). Hoje deixo a Faeg temporariamente e estou, novamente, nas mãos de amigos, nas mãos de Deus. A vocês, peço orações para minha nova caminhada”, completou ao ser aplaudido.

Passando o cargo a Leonardo Ribeiro, José Mário deixou um conselho. “A imprensa me perguntou sobre uma dica que eu deixaria ao novo presidente. É petulância minha deixar conselho a alguém tão competente, mas seu puder dar um pitaco, digo que ele possui a melhor diretoria, equipe e sindicatos rurais do país. Se temos muito a comemorar de programas realizados e melhorias para o agro, esse trabalho contou com o apoio de cada um que está aqui”, finalizou.

Se pronunciando pela primeira vez como presidente, Leonardo falou da importância em ser líder de uma instituição como a Faeg, assim como a responsabilidade que isto agrega. “Substituir uma pessoa com a capacidade e competência do José Mário não é tarefa fácil. A Faeg e o Senar são estruturas reais de transformação social e econômica. Pretendo ter bom senso e equilíbrio e me comportar com humildade para reconhecer meus erros e limitações. Conto com esta equipe, dirigentes, presidentes de Sindicato. Ao amigo José Mário, muito sucesso nesta nova empreitada e conte com a gente!”, concluiu.

José Mario Schreiner

Passo fundamental para o agro
Governador de Goiás, Marconi Perillo afirmou que José Mário dá agora, um passo fundamental para o setor agropecuário. “Sabemos que este é um momento de pré-candidatura a deputado federal e sete deputados federais não irão mais para a disputa, incluindo o goiano aqui presente, Vilmar Rocha. José Mário é um dirigente classista do mais alto talento e Goiás precisa ter forte representação na bancada da Câmara Federal. Ao Leonardo, deixo, como sempre, todo meu apoio”, completou.

Também compondo a mesa diretiva, o deputado federal Vilmar Rocha parabenizou a gestão de Schreiner classificando-a como aberta, contemporânea e democrática. “Vemos neste momento uma modernização do agronegócio”, completou. Representando os prefeitos de Goiás, Cleudes Baré, presidente da Agência Goiana dos Municípios (AGM) falou da sensibilidade e maestria com que o presidente guiou a federação. “Sua contribuição foi limpa e reconheço a importância de parcerias como a nossa. Boa sorte de agora para frente tanto para você quanto para o Leonardo”, finalizou.

Composição da mesa
Além de Marconi, Vilmar e Baré, a mesa diretiva foi composta ainda pelo vice-governador José Eliton; presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg), Helenir Queiroz, representando o Fórum Empresarial; presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Pedro Alves de Oliveira. 

Tags:

0 comentário