Projetos de irrigação estão represados no Rio Grande do Sul

Publicado em 09/06/2014 09:40 254 exibições

Um mês e meio depois de as novas regras do programa Mais Água, Mais Renda entrarem em vigor, projetos de irrigação continuam represados no Rio Grande do Sul. Dos 400 pedidos encaminhados por agricultores desde o início do ano para áreas com até cem hectares, apenas 25% receberam aval. A demora se reflete na indústria, que reduziu a produção e demitiu funcionários. Maior fabricante de pivô central no Estado, a Fockink demitiu cem trabalhadores em abril – metade da linha de produção destinada à irrigação, em Panambi. Os três turnos de trabalho foram reduzidos para um, que opera com 50% de ociosidade.

Leia a notícia na íntegra no site Zero Hora

Tags:
Fonte:
Zero Hora

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário