Marubeni tem recorde de lucros no trimestre especialmente pela venda de grãos

Publicado em 06/08/2014 16:23 344 exibições

Marubeni Corp (8002), a maior trading japonesa de commodities agrícolas registrou um lucro trimestral recorde aumentando as comercializações de grãos e dividendos de investimentos em empresas de eletricidade.

A aquisição de um grupo de grãos dos EUA e da empresa de armazenamento Gavilon Holdings LLC, no valor de US$ 2,7 bilhões, representou 1,5 bilhão de iene (US$ 15 milhões) dos 61,1 bilhões  de ienes do lucro líquido da Marubeni para os três meses findos em 30 de junho. Aumento de 8% em relação ao mesmo período no ano anterior. A empresa divulgou em comunicado que o volume total negociado deu um salto de 18%, principalmente devido às vendas de grãos.

"É um bom começo, embora os riscos permanecem", disse o diretor financeiro Yukihiko Matsumura em uma coletiva em Tóquio hoje. O lucro trimestral representou 31% da meta anual da empresa de 220 bilhões de ienes. 

O aumento da renda e mudanças no hábito alimentar na China - o maior importador mundial de soja - estão impulsionando a demanda por grãos, que também são utilizados para a alimentação animal. Matsumara disse que espera que a Marubeni, maior vendedoar de soja na China, alcance vendas globais de grãos em torno de 33 milhões de toneladas este ano, 3 milhões a mais em comparação com 30 milhões de toneladas no ano passado. 

O lucro da empresa de comércio de investimentos estrangeiros em usinas cresceu 5,6 bilhões de ienes, para 13,8 bilhões de ienes no trimestre, compensando quedas nos lucros do cobre e carvão. As maiores margens de vendas de petroquímicos e aumento da renda dos ativos de leasing de aeronaves também impulsionaram o lucro, divulgou a empresa.

Os gastos da Marubeni no desenvolvimento do projeto de minério de ferro Roy Hill, na Austrália e um projeto de energia em Omã deixaram a empresa com fluxo de caixa negativo de 215,3 bilhões de ienes no último trimestre.

Tags:
Fonte:
Bloomberg

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário