Congresso Mundial sobre Sistemas de Integração Lavoura-pecuária-floresta será realizado de 12 a 17 de julho

Publicado em 24/02/2015 15:17
50 exibições

Alimentar uma população mundial em crescimento com recursos e espaços cada vez mais limitados é um dos maiores desafios do setor agropecuário. Com foco nesse problema, os maiores especialistas do mundo se reunirão em Brasília de 12 a 17 de julho para debater soluções no Congresso Mundial sobre Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (WCCLF). O evento que está organizado em três tópicos: tecnologia, meio ambiente e socioeconomia e vai gerar um documento final que será enviado à Conferência das Partes da Convenção – Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (COP21), agendada para o fim de 2015.

Estima-se que até 2050, alimentar a população mundial exigirá um aumento de 60% da produção agrícola e de 70% da pecuária em relação ao ano 2000. Para que isso seja alcançado sem agredir o planeta, será preciso realizar a intensificação sustentável da produção agropecuária, conceito que pode ser resumido no mote: produzir mais, com maior eficiência e diversificação no mesmo espaço e manejando recursos, solo e água de maneira sustentável.
Sistemas agrícolas que integram a produção de lavoura com pecuária e floresta num mesmo espaço, ILPF, além de aumentar o volume e a diversidade de produtos do campo também promovem serviços ambientais importantes como a acumulação de carbono e a recarga de aquíferos e lençóis freáticos.

Entre os palestrantes internacionais estarão o professor do Departamento de Ciência do Solo da Universidade Estadual da Carolina do Norte, Estados Unidos;  Alan Franzluebbers, o especialista em avaliação do ciclo de vida e professor da Universidade de Bangor, no Reino Unido, David Styles; o chefe da Unidade de Mudanças Climáticas no Centro Mundial de Agrofloresta (ICRAF) em Nairóbi, Quênia, Henry Neufeldt; e o cientista principal do Centro Mundial de Agrofloresta e professor da Academia Chinesa de Ciências, Jianchu Xu, e muitos outros especialistas.

O evento, que será realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, ainda englobará o 3º Simpósio Internacional sobre Sistemas de Integração Lavoura-Pecuária e, no dia 15 de julho, estão previstas visitas a campos experimentais da Embrapa Cerrados, no Distrito Federal, e a uma fazenda da região.

Técnicos, produtores e estudantes contarão com uma sessão paralela que abordará conceitos e condições de adoção do sistema ILPF no Brasil, e a ILPF como política pública para diminuição de gases de efeito estufa. Estão previstas sessões especiais voltadas a públicos específicos como jornalistas, que assistirão a uma apresentação detalhada sobre o tema do Congresso, e representantes de universidades e instituições de ensino superior, que poderão integrar o tema ILPF em seus currículos escolares contribuindo para a formação de engenheiros agrônomos.

As inscrições prévias de trabalhos irão até o dia 27 de março e a submissão de resumos até o dia 13 de abril. Mais informações podem ser acessadas no site do evento: http://www.wcclf2015.com.br/?lang=pt

Tags:
Fonte: Embrapa

Nenhum comentário