Biofábrica gaúcha produz vespas para combater pragas e reduzir uso de agrotóxicos nas lavouras

Publicado em 24/03/2015 08:47
103 exibições
O Rio Grande do Sul inaugurou em agosto do ano passado, em Montenegro, a primeira biofábrica de vespas, voltada ao controle biológico de lagartas de milho, soja, pastagens e hortaliças, como tomate e pimentão.
Desde então, a unidade passou a produzir 160 cartelas por mês — cada uma com aproximadamente 50 mil ovos de microvespas. Para um hectare de lavoura, segundo técnicos, são necessárias, em média, duas cartelas para cobrir a área cultivada. No Estado, o serviço é oferecido gratuitamente para o agricultor.
— A demanda hoje é bem maior do que a produção. Recebemos pedidos de todo o Estado para diferentes culturas — conta Elder Leitzke, responsável técnico da biofábrica.

Leia o conteúdo na integra no site Zero Hora.
Tags:
Fonte: Zero Hora

Nenhum comentário