Novos adidos agrícolas brasileiros irão fortalecer relações comerciais do país, diz presidente da CNA

Publicado em 24/03/2015 15:24
77 exibições
Nomeação dos representantes no exterior foi publicada no Diário Oficial da União. Para João Martins, agronegócio brasileiro precisa garantir acesso a mais mercados internacionais

O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, destacou que os novos adidos agrícolas, que atuarão nas embaixadas brasileiras no exterior, serão fundamentais para a defesa dos interesses do agronegócio brasileiro e para o acesso a novos mercados. “É uma grande notícia para o agro brasileiro, pois o trabalho dos novos adidos fortalecerá ainda mais as nossas relações comerciais no exterior”, afirmou.

O Diário Oficial da União desta terça-feira (24/3) publicou a nomeação de sete adidos agrícolas. Cinco deles atuarão em Moscou (Rússia), Buenos Aires (Argentina), Pretória (África do Sul), Washington (Estados Unidos) e Tóquio (Japão), enquanto dois representarão o país junto à Organização Mundial do Comércio (OMC), em Genebra (Suíça) e à União Europeia, em Bruxelas (Bélgica).

“Não basta termos os mais altos índices de produtividade. Precisamos, também, garantir o acesso dos nossos produtos agropecuários aos mercados mais importantes. E os adidos agrícolas desempenham um papel fundamental neste setor”, completou João Martins, ao avaliar que a ampliação da participação do agronegócio brasileiro no comércio internacional é uma das prioridades da entidade, que possui escritórios em Bruxelas e em Pequim, para acompanhar de perto os debates sobre os temas que envolvem o setor, tanto no bloco europeu quanto no país asiático.

Os novos adidos agrícolas e suas áreas de atuação são: Antônio Alberto Rocha Oliveira (Moscou); Eliana Valéria Covolan Figueiredo (Buenos Aires); Juliano Vieira (Pretória); Luís Henrique Barbosa da Silva (OMC); Luiz Claudio de Santana e Caruso (Washington); Marcelo de Andrade Mota (Tóquio); e Márcio Rezende Evaristo Carlos (União Europeia).

Tags:
Fonte: Canal do Produtor

Nenhum comentário