Coreia deve comprar mais do Brasil e não só vender, afirma Maggi em Seul

Publicado em 07/09/2016 12:36
207 exibições

Como que com um "puxão de orelha", o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, declarou para mais de 100 empresários em Seul, na Coreia do Sul, que o país asiático tem de comprar mais do Brasil e não apenas vender carros e televisores. O ministro, que acompanha o presidente Michel Temer na Ásia em busca de novos mercados, pontuou ainda entender o comércio internacional como uma via de mão dupla.

Seul é uma das rotas da Missão Ministerial e Empresarial na Ásia, iniciada no final de agosto. A previsão é que o grupo formado por Maggi e representantes do Ministério fiquem no continente até o dia 25 de setembro.

As negociações entre Brasil e Coreia do Sul para a venda de carne suína entraram em reta final, segundo informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O Brasil quer ainda iniciar as conversar para a abertura de portos para a carne bovina.

"Tenho carros da Hyundai, TV Samsung, sou um típico consumidor de produtos coreanos. Nós queremos ampliar o comércio com a Coreia. Mas, para isso, é preciso que, em contrapartida o país aumente a compra de produtos brasileiros", declarou Blairo Maggi durante palestra para mais de 100 empresários coreanos e brasileiros em Seul.

Entre os empresários coreanos que participaram da palestra com Maggi estava o presidente da Associação dos Importadores da Coreia (Koima), Myoung Jin Shin, considerada uma poderosa entidade. Já do lado brasileiro representantes de grande empresas, como a Marfrig, que possui uma planta de beneficiamento de carnes nos arredores de Seul, e a BRF, que tradicionalmente exportam para a Ásia.

Conforme Blairo Maggi, o "Brasil sairá rapidamente da crise se ampliarmos nossas exportações e queremos priorizar o mercado asiático onde está 51% da população mundial".

Leia a notícia na íntegra no site Olha Direto.

Tags:
Fonte Olha Direto

1 comentário

  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

    O compadre do Estado, Blairo Maggi, viaja torrando milhões em dinheiro público para salvar as empresas criadas pelos socialistas, foi vender aos asiáticos se é que vão comprar, carnes que estão faltando na panela da maioria dos brasileiros. Blairo Maggi atua em defesa do sistema, dos partidos e dos politicos que corrompem toda a sociedade.

    8