SafraTec 2017 será nos dias 19 e 20 de janeiro

Publicado em 09/01/2017 11:09
152 exibições

Começa 2017 e, com ele, uma série de realizações de caráter técnico voltadas a apresentar soluções e tecnologias para o agronegócio, organizadas por cooperativas em diversas regiões no Paraná.

Nas imediações de Maringá, um dos primeiros eventos do gênero é o Safratec, com novidades e ampla programação, a ser promovida pela Cocamar Cooperativa Agroindustrial, nos dias 19 e 20 de janeiro, em Floresta. O local é a Unidade de Difusão de Tecnologias (UDT) da própria cooperativa, localizada às margens da PR-317, rodovia que liga as duas cidades. Em ambos os dias, as atividades iniciam às 8h30 e seguem até às 16h30.

PRODUTIVIDADE - A UDT é um espaço de 20 alqueires, onde a Cocamar concentra experimentos e demonstrações em parceria com instituições de pesquisa e indústrias, visando, principalmente, a fomentar o aumento da produtividade das lavouras.

CONTEÚDO - Entre os protocolos ali desenvolvidos, que fazem parte dos atrativos do Safratec, destaque para boas práticas de manejo de solo, desempenho de novas cultivares de soja e híbridos de milho, além de uma extensa linha de produtos, entre agroquímicos, fertilizantes, micronutrientes e outros itens, com resultados a serem detalhados por especialistas. O evento não se restringe ao interesse de produtores de grãos: a exposição de máquinas e implementos para as operações a campo, bem como de uma grande variedade de insumos agrícolas, a agenda de palestras técnicas e iniciativas como a mostra de veículos e utilitários com “test drive”, fazem com que os dois dias atraiam agricultores e pecuaristas em geral, incluindo seus familiares. Um dos setores do Safratec trata especificamente de cafeicultura – atividade considerada das mais rentáveis, desde que com foco na qualidade, produtividade e conduzida sob práticas modernas, como a mecanização. Outro é o inovador sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), que envolve no mesmo espaço, de forma sustentável, produção de grãos, pecuária de corte e florestamento com eucalipto (para assegurar bem-estar térmico aos animais e uma fonte adicional de renda a partir da comercialização de madeira).

A previsão da Cocamar é que mais de 4 mil visitantes passem pelo local, entre cooperados e técnicos, representando dezenas de municípios das regiões noroeste e norte do Paraná, sudoeste do Mato Grosso do Sul e oeste de São Paulo, onde a cooperativa mantém estruturas operacionais.

Fonte: SafraTec

0 comentário