Alimentos: FAO aponta quinquênio de preços decrescentes

Publicado em 16/01/2017 06:56
96 exibições

Ao divulgar, nesta qunta-feira (12.01), os resultados preliminares do comportamento do mercado de alimentos no ano que passou, a Agência das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) ressaltou que 2016 foi o quinto ano consecutivo de declínio de preços no setor. Ou seja: em relação ao índice registrado em 2011 (perto de 230 pontos, o máximo até hoje alcançado), o ano foi fechado com uma redução de cerca de 30%, recuando ao menor nível do quinquênio (ao redor de 161,6 pontos).

As carnes também fecharam 2016 com preço menor que no ano anterior. Mas, como mostra o gráfico abaixo, as quedas se limitam aos últimos dois anos, pois o pico de preços mais recente do setor (198,3 pontos) foi registrado em 2014. Como, no ano passado, a média registrada ficou em 156,6 pontos, a redução no biênio é de pouco mais de 20%. 

Analisando-se o comportamento do “Índice Geral das Carnes” e, individualmente, das principais carnes (bovina, de frango e suína) a partir de 2006, constata-se que naquela ocasião os três produtos apresentavam exatamente a mesma evolução de preços. Ou seja: alcançaram, então, pouco mais de 120 pontos em comparação aos 100 pontos médios registrados entre 2002 e 2004.

Leia a notícia na íntegra no Avisite

Tags:
Fonte: Avisite

0 comentário