Exportações brasileiras para os países árabes atingem US$ 1,01 bilhão em janeiro de 2018

Publicado em 14/02/2018 17:30 e atualizado em 14/02/2018 19:59
188 exibições
O bloco árabe é hoje o quarto principal destino das vendas externas brasileiras

As exportações do Brasil para os países árabes atingiramUS$ 1,01 bilhão em janeiro de 2018, representando um crescimento de 8,11% em relação ao mesmo período  do ano passado.

As vendas externas brasileiras para o mercado árabe representaram 5,96% do total das exportações de janeiro passado, que foram de US$ 16,96 bilhões. Esse bloco de países é o quarto principal destino do comércio externo brasileiro, atrás apenas da China, Estados Unidos e Argentina, de acordo com estudo da Câmara de Comércio Árabe Brasileira com base nos dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Os principais produtos da pauta de exportação brasileira foram  açúcar e carne de frango, que corresponderam a mais de 43% do total das vendas transacionadas  para a região árabe em janeiro de 2018. As exportações de açúcar atingiram US$ 247,94 milhões, queda de 25,3% em comparação a igual mês de 2017. Já as proteínas ( todos os tipos de carne) alcançaram o valor de US$ 267,82 milhões, redução de 47,9% em relação a janeiro de 2017. Outros produtos exportados incluíram minério de ferro, milho, entre outros.

Em janeiro passado, a  Arábia Saudita foi o principal destino das exportações brasileiras com US$ 254,85 milhões, o que representou alta de 35% sobre o mesmo período de 2017. O Egito também representou uma participação relevante na pauta de exportações brasileiras: US$ 150 milhões, crescimento de 143% em comparação com igual mês do ano anterior e os principais produtos foram proteína animal, minério de ferro e milho. Os Emirados Árabes ocuparam o terceiro lugar com US$ 139,57 milhões, queda de 23% comparada com igual período de 2017.

Importações

Em janeiro de 2018, o  Brasil importou o equivalente a US$ 611,59 milhões dos países árabes, uma redução de 7,15% em relação ao mesmo mês  do ano passado. Em janeiro, as importações totais do Brasil foram de US$ 14,19 bilhões, um aumento de 16,41% quando comparado com o mesmo período de 2017. Desse total, 4,31% corresponderam as compras de produtos do bloco árabe. Entre os países árabes, a Argélia representou 28,28% das importações feitas pelo Brasil, no total de US$ 172,96 milhões, queda de 37,5% em relação ao mesmo período de 2017. Já a Arábia Saudita ficou em segundo lugar no ranking com US$ 161 milhões, uma queda de 3,23% em relação a janeiro/17. O Iraque ocupou a terceira posição, US$ 82 milhões. As importações brasileiras  dos países árabes continuam  concentradas em dois produtos: combustíveis minerais e adubos/fertilizantes, que corresponderam a cerca de 90%.

Tags:
Fonte: Câmara de Com. Árabe-Brasileira

1 comentário

  • Adriano Marcio Asunción - 00

    Não entendo as contas do Egito. Uma fonte me disse que somente nos portos tem 1.000 contêineres do Egito parado, engessando assim o mercado de proteína como um todo...

    0