Unemat e Famato estreitam parceria em prol da agropecuária de MT

Publicado em 01/11/2018 18:18 e atualizado em 01/11/2018 19:21
52 exibições

A Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) recebeu na manhã desta quinta-feira (01/11) a visita institucional da reitora da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) – campus de Cáceres, Ana Di Renzo. O objetivo foi celebrar uma parceria para validar tecnologias e pesquisas desenvolvidas para o Pantanal mato-grossense. A visita foi intermediada pelo presidente do Sindicato Rural de Cáceres, Jeremias Leite.

A Unemat e o sindicato de Cáceres já desenvolvem ações, como intercâmbios culturais, entre a comunidade acadêmica e o setor produtivo rural da região pantaneira.

Para a professora e reitora Ana Di Renzo, a Famato e o Sindicato Rural de Cáceres são importantes ferramentas de apoio para instituições de ensino, pesquisa e extensão rural e estão diretamente ligados ao desenvolvimento da agropecuária mato-grossense.

A reitora apresentou ao presidente do Sistema Famato, Normando Corral, um acordo de cooperação técnica visando a validação de tecnologias já desenvolvidas para a pecuária nas áreas do Pantanal.

A proposta da instituição de ensino é participar das ações que já estão sendo trabalhadas pelo Sistema Famato em parceria com a Embrapa Pantanal (Mato Grosso do Sul), em projetos de pesquisa como, por exemplo, “Fazenda Pantaneira Sustentável (FPS)”. “Gostaríamos de participar com nosso grupo técnico de forma efetiva já que temos professores com projetos de pesquisa no Pantanal e que podem contribuir de forma mais significativa”, disse Ana Di Renzo.  

Normando Corral disse que o Sistema Famato é uma entidade representativa que se preocupa e trabalha não só pelo desenvolvimento da agropecuária no Pantanal, como em todo o estado. Sendo assim, colocou a entidade à disposição para desenvolver atividades voltadas ao ensino, pesquisa e extensão rural.

“Estamos de portas abertas para contribuir, através dos nossos técnicos, em projetos que geram conhecimento, troca de experiências entre profissionais, produtores rurais e acadêmicos, impulsionando a produção e a sustentabilidade do nosso estado”, disse o presidente.

Tags:
Fonte: Ascom Famato

Nenhum comentário