Produtor aprova decreto de armas, mas quer outras medidas

Publicado em 21/01/2019 07:55
139 exibições

Entre produtores rurais, é consenso a aprovação ao decreto do presidente Jair Bolsonaro que facilitou a posse à arma de fogo, mas eles também concordam que é preciso adotar outras medidas, mais severas, para reduzir a insegurança no campo, apontada hoje como uma das principais dificuldades do setor.

Favorável ao decreto, o presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Marcelo Vieira, defende mais policiamento na zona rural. "Não é apenas liberar arma no campo que vai resolver a questão da segurança. O crime está cada vez pior. Quase diariamente ouvimos relatos de produtores que foram roubados, agredidos", diz Vieira, cuja entidade tem associados em todas as regiões do Brasil.

Leia a notícia na íntegra no site do Globo Rural com informações do Estadão Conteúdo

Tags:
Fonte Globo Rural + Estadão Conteúdo

Nenhum comentário