Farsul recebe primeira reunião para Plano Agrícola da CNA

Publicado em 12/03/2019 16:56
59 exibições

O estande do Sistema Farsul na Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque, foi o ponto de partida para o ciclo de encontros regionais com federações, sindicatos, entidades setoriais e produtores para levantar propostas para o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2019/2020. Realizados pela Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA, que tem o economista-chefe da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul, Antônio da Luz, na vice-presidência, os workshops pretendem reunir as principais demandas do setor para a próxima safra.

O vice-presidente da Farsul, Elmar Konrad, aponta o crédito rural como a principal demanda da região sul. A revisão do modelo utilizado precisa ser imediata. No atual cenário, existe um grande número de produtores fora do sistema bancário e sendo financiados por indústrias e cooperativas. Uma das razões é a burocracia que torna lenta a liberação de crédito, fazendo com que a disponibilização de recursos ocorra somente após o período de plantio. “Crédito rural é indispensável. Quem pegou dinheiro fora do sistema bancário acabou quebrado. Se é ruim com banco, muito pior é sem ele”, afirma Konrad.

A assessora técnica da Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA, Fernanda Schwantes, considerou o resultado positivo. Para a economista, essa proximidade com os produtores por meio dos sindicatos rurais é fundamental na elaboração de um plano consistente e mais próximo de suas reais necessidades. Ela destaca o bom acesso do setor com o novo governo, mas que as tratativas tendem a ser diferentes. “Nossa percepção é que não será fácil como no ano passado, quando muitas propostas foram aceitas, esse novo ministério é bem diferente”, avalia. Os encontros que cobrem as cinco regiões do país trabalham seis temas centrais: Crédito Rural; Redução de Custos; Políticas de Apoio à Comercialização e Preço Mínimo; Seguro rural; Proagro; e Zoneamento Agrícola.

Tags:
Fonte: Farsul

Nenhum comentário