CNA levanta propostas no Sudeste para o Plano Agrícola e Pecuário 2019/2020

Publicado em 27/03/2019 18:14
165 exibições

A Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA esteve na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Espírito Santo (Faes), na segunda (25), para levantar as propostas regionais dos produtores rurais ao Plano Agrícola e Pecuário 2019/2020.

A CNA já percorreu todas as regiões do país para levantar as propostas. Os produtores da região sudeste apontaram os temas que consideram emergenciais, como linhas de crédito para custeio, renegociação de dívidas e seguro rural. Essas questões, agora, serão formalizadas em um documento de propostas da CNA para a elaboração do PAP 2019-2020 a ser entregue à equipe do governo.

“As propostas que ouvimos são bastante adequadas. A prioridade dos produtores da região para safra 2019-2020 é pela disponibilização de crédito de custeio e para os programas de investimento ABC, Inovagro e PCA. Também foram abordados os entraves burocráticos para a tomada do crédito pelo produtor capixaba e a necessidade de renegociação de dívidas nos casos mais críticos de perda de produção em função da seca na região”, afirmou o superintendente técnico da CNA, Bruno Lucchi, que esteve na Faes junto com a assessora técnica Carolina Yuri Nakamura.

Outro ponto levantado pelo superintendente foi em relação ao seguro rural. Os participantes da reunião apontaram a necessidade de aumentar a oferta de produtos de seguro que atendam as atividades desenvolvidas na região, bem como a atuação de mais seguradoras no Estado.

O presidente da Faes, Júlio Rocha, salientou estar seguindo, com a Federação, os passos da CNA de criar um crescimento produtivo com as instituições e com a classe política, ouvindo os produtores e as lideranças rurais.

Representando Minas Gerais, a coordenadora da assessoria técnica da Faemg, Aline Veloso, disse que condensar as propostas de Minas com as do Espírito Santo será de grande importância para os produtores.

Participaram do evento, produtores rurais, presidentes de sindicatos e lideranças do agro, como o superintendente da Conab, Bricio Alves dos Santos Júnior, o representante da Seag, Eduardo Chagas, e o diretor-técnico do Incaper, Nilson Araújo Barbosa.

Tags:
Fonte: CNA/SENAR

Nenhum comentário