Bayer obtém aprovação do Cade para nova empresa; quer ser líder digital do agronegócio

Publicado em 11/04/2019 16:52 e atualizado em 11/04/2019 20:53
132 exibições

SÃO PAULO (Reuters) - A Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a criação de uma joint venture no Brasil entre a Bayer e a Bravium, hoje responsável pelo gerenciamento da Rede AgroServices, plataforma digital da própria Bayer que funciona como um programa de fidelidade.

Com o acordo, aprovado sem restrições pelo Cade, segundo publicação no Diário Oficial nesta quinta-feira, a Bravium deixará de ser uma prestadora de serviço para a Bayer, enquanto a joint venture garantirá uma relação mais direta entre as duas empresas, buscando a liderança digital do agronegócio.

Na Rede AgroServices, fundada em 2015, com quase 170 mil agricultores cadastrados no país, os produtores podem acumular pontos quando compram produtos da Bayer, podendo trocá-los por produtos e serviços, nos moldes de um programa de milhagem.

A Bayer, líder no setor de pesticidas agrícolas no Brasil, não revelou a participação que terá na nova companhia ou investimentos.

Segundo nota da Bayer, a nova companhia pretende ser a nova líder digital do agronegócio brasileiro, combinando a oferta de serviços nos canais digitais e um programa de fidelidade.

A Bayer, que atua em saúde e agricultura no Brasil, afirmou ainda que a criação de nova empresa viabiliza um modelo de gestão mais flexível e independente, alinhado às necessidades do setor de serviços e focado em gerar inovação para o setor do agronegócio como um todo.

"O modelo de negócio visa criar valor para toda a cadeia, oferecendo diversas vantagens e novas oportunidades para os parceiros comerciais e clientes."

Tags:
Fonte: Reuters

Nenhum comentário