Preços agropecuários sobem 2% em junho, informa Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP

Publicado em 15/07/2019 13:13
93 exibições
Do conjunto analisado, carne suína e batata lideram a lista. Entre as quedas, destacam-se a banana nanica e as laranjas para mesa e indústria.

O IqPR - Índice de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista - registrou alta de 2% no fechamento do mês de junho. O dado é parte do levantamento realizado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, por meio do Instituto de Economia Agrícola (IEA).

Dos produtos que compõem o IqPR, destacaram-se as seguintes altas: carne suína (16,01%), batata (14,28%), soja (8,6%) e café (6,6%).

Para a carne suína, a expansão das exportações desequilibrou o mercado interno brasileiro, reduzindo a oferta doméstica e acarretando reajustes nos preços que, comparados a junho de 2018, estão 45,37% maiores, explicam Danton Leonel de Camargo Bini e Eder Pinatti, pesquisadores do IEA.

Em junho, tiveram maior variação negativa: banana nanica (15,05%), laranja para mesa (11,57%) e laranja para indústria (7,13%).

Acumulado dos últimos 12 meses

Nos últimos 12 meses, o IqPR ficou em 15% mais elevado. No mesmo período, outro indicador calculado pelo IEA, o Índice de Preços Pagos (IPP) - que serve como termômetro dos custos de produção agropecuários no Estado de São Paulo -, teve uma variação positiva de 8,65%. Em geral, os indicadores de renda no agregado (preços menos custos) estiveram positivos para a agropecuária paulista nesse intervalo. Contudo, individualmente, dez culturas, ao terem acúmulos de preços positivos abaixo do IPP ou negativos, dão indicativos de que obtiveram retornos contraproducentes. São elas: algodão (-24,94%), trigo (-18,09%), laranja para mesa (-15,67%), café (-9,68%), milho (-7,77%), ovos (-7,74%), soja (-5,11%), laranja para indústria (-3,00%), banana nanica (+2,11%) e cana-de-açúcar (+8,17%).  

Para ler o artigo na íntegra e consultar as tabelas e gráficos, com informações sobre o IqPR com e sem cana-de-a çúcar, principal produto da agropecuária paulista, clique aqui.

Tags:
Por: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

0 comentário