Koppert se associa à argentina Nitrasoil

Publicado em 16/07/2019 14:50 e atualizado em 16/07/2019 16:13
104 exibições
A produção de produtos biológicos para controle de pragas e doenças agrícolas cresceu mais de 70% no último ano no Brasil, movimentando R$ 464,5 milhões

A Koppert Biological Systems, empresa holandesa líder mundial em agentes biológicos para a agricultura, fechou a aquisição da companhia argentina Nitrasoil. Além da expansão física na América do Sul, essa compra também leva a empresa a um novo segmento do mercado agrícola, o de inoculantes.

Com a aquisição da unidade industrial na Argentina e do portfólio de inoculantes e bioprotetores, a Koppert pretende ampliar a gama de produtos oferecidos e também atender os agricultores do Cone Sul – Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia. “Estamos dando um passo muito importante no mercado de inoculantes, onde até agora a Koppert não tinha atividade. A Nitrasoil tem muita experiência neste segmento, que se encaixa perfeitamente com o portfólio de produtos microbiológicos da Koppert, afirma Mr. Paul Koppert, CEO da Koppert Biological Systems.

Para o diretor comercial da Koppert do Brasil, Gustavo Herrmann, esta é uma aquisição estratégica, pois expande os negócios da operação brasileira na América do Sul. “Estimamos que o mercado de inoculantes para grandes culturas no Cone Sul chegue a 120 milhões de doses/ano e temos a expectativa de conquistar uma participação de 10% deste mercado em 5 anos”, explica.

Segundo Carlos Gaziglia, presidente da Nitrasoil, a importância desta fusão não é somente para sua empresa, que vai estar presente nos países atendidos pela Koppert. “O mercado local vai ser beneficiado com uma gama maior de produtos biológicos para o controle de pragas e doenças”, pondera.

Essa é a segunda aquisição da companhia em menos de dois anos, no final de 2017, a Koppert adquiriu a empresa de macrobiológicos Bug, tornando-se a maior empresa de controle biológico do país.

Mercado de biológicos e inoculantes

A produção de produtos biológicos para controle de pragas e doenças agrícolas cresceu mais de 70% no último ano no Brasil, movimentando R$ 464,5 milhões ante R$ 262,4 milhões em 2017. O resultado brasileiro é considerado o mais expressivo da história do setor e supera o percentual apresentado pelo mercado internacional. Em termos globais, o setor apresentou crescimento de 17% no mesmo período, de acordo com dados da Associação Brasileira das Empresas de Controle Biológico (ABCBio).

Em relação aos inoculantes, na safra brasileira 2017/18 foram comercializadas aproximadamente 53 milhões de doses de inoculante, o equivalente a US$ 44 milhões e a adoção do uso de inoculantes no mercado brasileiro, em média, foi de quase 80% segundo pesquisa da Spark Smarter Decisions, em parceria com a Associação Nacional de Produtores e Importadores de Inoculantes (ANPII).

 

Tags:
Fonte: Assessoria de imprensa

0 comentário