Integrantes da missão da Aprosoja Brasil aos Estados Unidos foram recebidos pelo o embaixador do Brasil em Washington

Publicado em 16/08/2019 12:29
92 exibições
Integrantes da missão da Aprosoja Brasil aos Estados Unidos foram recebidos na tarde de quinta-feira pelo embaixador do Brasil em Washington, Nestor Forster Jr.

Em pauta, as relações  comerciais entre Brasil e Estados Unidos, os impactos da guerra comercial com a China e as medidas que precisam ser tomadas para ampliar e consolidar mercados aos produtos brasileiros no exterior.

A Aprosoja Brasil entregou ao embaixador a Carta de Palmas, documento em que os sojicultores brasileiros reafirmam a sustentabilidade da soja no cerrado.

O encontro foi a última  agenda oficial da missão internacional da Aprosoja nos Estados Unidos. No início da semana, a comitiva esteve na sede da Bolsa de Chicago e acompanhou in loco a divulgação do relatório de grãos do Departamento de Agricultura (USDA)

Houve também visitas a produtores de grãos do estado de Illinois e a pesquisadores da Universidade de Wisconsin para uma avaliação sobre a condição das lavouras norte-americanas e conhecer tecnologias de combate a pragas e ervas daninhas.

Em Washington, a comitiva esteve reunida com o EPA, a agência de proteção ambiental, e com o USDA, para avaliação sobre as perspectivas para o mercado de grãos nos proximos anos.

Ainda na capital, visitaram a sede da American Soybean Association (ASA), onde também foram recebidos por representantes da National Corn Growers Association (NCGA), do setor de milho. Na ocasião, produtores de grãos dos dois países falaram sobre previsões do USDA e a expectativa de demanda mundial.

Participam representantes da Aprosoja MT, Aprosoja MS, Aprosoja MG, Aprosoja GO, Aprosoja PI, Aprosoja TO, Aprosoja PA, Aprosoja RS, Aprosoja SP, além da Famato, Famasul, Farsul e da Comissão de Grãos da CNA.

Aprosoja nos EUA

Tags:
Fonte: Aprosoja Brasil

0 comentário