Apex vai qualificar empresas para atuar no mercado halal

Publicado em 04/07/2022 11:20

Um convênio firmado pela Apex Brasil e Câmara Árabe-Brasileira pretende habilitar empresas nacionais a explorar o mercado halal, de produtos e serviços voltados ao consumidor muçulmano, estimado em US$ 5,44 trilhões em todo mundo.

O anúncio foi feito na manhã de hoje (4) pelo presidente da Apex Brasil, Augusto Pestana, em fala no Fórum Econômico Brasil-Países Árabes, em São Paulo. “Esse convênio histórico entre Apex e Câmara Árabe terá foco na promoção dos produtos brasileiros halal [no exterior] e na qualificação de empresas brasileiras a obter a certificação halal”, afirmou. 

A meta da agência é abarcar pelo menos 200 empresas com produtos certificados, de acordo com as exigências do consumidor muçulmano, entre elas a produção em respeito às tradições da religião islâmica. O esforço também inclui o apoio das 18 representações diplomáticas do Itamaraty nos 22 países da Liga Árabe para ampliar o diálogo entre os adidos comerciais brasileiros e as instituições da iniciativa privada árabe. “Estamos nesse caminho com os setores de alimentos e bebidas, segurança e defesa, petróleo e gás natural, perfumaria e cosmético, casa e construção”, disse Pestana.

Em sua fala, o dirigente também destacou o trabalho da agência realizado na Expo Dubai, a exposição mundial encerrada em março último. Segundo ele, o investimento feito no pavilhão brasileiro da mostra deve retornar ao país cerca de US$ 4 bilhões em novos negócios nos meses decorrentes à exposição, principalmente na exportação de gêneros alimentícios brasileiros para os Emirados Árabes Unidos. 

Pestana também disse que a Apex está comprometida com a atração de investimento árabe ao Brasil. Segundo ele, existe um excedente de capital nos países árabes que pode ser aplicado em oportunidades no Brasil, relacionadas aos setores de infraestrutura e alimentos. “Nossa tarefa é fazer esse matchmaking”, afirmou.

Realizado pela Câmara Árabe-Brasileira, o Fórum Econômico Brasil-Países Árabes tem o patrocínio da Apex Brasil e da BRF Sadia Halal. Também viabilizam a iniciativa a zona franca KIZAD, a certificadora FAMBRAS Halal, a Pantanal Trading e a Embratur. 

Fonte:
Câmara de Comércio Árabe-Brasilei

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário