Emater-MG atinge a marca de 500 mil produtores atendidos

Publicado em 02/12/2008 18:46 1972 exibições

Ao completar 60 anos de existência, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) atinge a marca de 500 mil produtores atendidos em 2008. "Temos uma responsabilidade muito grande, pois o mercado exige produtos cada vez mais baratos e com segurança alimentar. A Emater-MG está se adaptando a esse momento e colocando Minas Gerais cada vez mais em destaque no cenário do agronegócio", afirmou o presidente da empresa, José Silva.

Ele é otimista em relação ao desenvolvimento do setor, pois avalia que, apesar da gravidade da crise financeira internacional, os pequenos produtores não devem ser prejudicados, a curto prazo. "A agricultura familiar é muito menos vulnerável a essa crise do que os outros segmentos do agronegócio. Já os produtos mais vinculados à agricultura empresarial, como café e soja, estão sofrendo o impacto mais imediato, uma vez que dependem da conjuntura de demanda e preços do mercado internacional. O agricultor familiar depende basicamente dos financiamentos do Governo federal, que estão assegurados para essa safra 2008/2009", explicou.

A Emater-MG comemora 60 anos no sábado, dia 6 de dezembro. Vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a Emater-MG tem cerca de 2,6 mil empregados, sendo mais de 1,6 mil prestando atendimento direto aos produtores no campo, em 92% dos municípios mineiros.

A Emater-MG é um dos principais instrumentos do Governo do Estado para a criação e implementação de ações voltadas para o desenvolvimento sustentável. Em 6 de dezembro os mineiros têm muito a comemorar. São 500 mil produtores rurais assistidos em 2008, sendo mais de 8,5 mil em assentamentos de reforma agrária. Dessa forma, a Emater-MG assegura condições para que as comunidades do campo alcancem o desenvolvimento, com sustentabilidade.

O Minas Sem Fome, um dos Projetos Estruturadores do Governo do Estado, é uma das ferramentas para alcançar esse objetivo. Desde que foi criado, em 2004, o programa vem beneficiando em média 300 mil famílias ao ano, com investimentos de R$ 52,4 milhões do Governo de Minas. São milhares de hortas, pomares, lavouras e criação de pequenos animais. Para 2009, está prevista a aplicação de mais R$ 9,5 milhões em recursos do Governo do Estado, para beneficiar 310 mil famílias em projetos agropecuários, incluindo implantação de tanques de leite e agroindústrias.

O Projeto Transformar, que também integra o Minas Sem Fome, capacitou em 2008 1,8 mil jovens rurais, com recursos de R$ 350 mil. Todos esses jovens estão habilitados a obter recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Em 2008, já foram aprovados 110 projetos do Pronaf Jovem, que estão sendo implantados, no total de R$ 660 mil em crédito. A previsão de recursos para capacitação em 2009 é de R$ 350 mil.

MINAS AVANÇA COM A EXTENSÃO RURAL

AGRICULTORES ATENDIDOS: + 102,8% em seis anos

2002 – 246.448

2008 – 500.000

TÉCNICOS NO CAMPO: + 52%

2002 – 1.071

2008 – 1.628

MUNICÍPIOS ATENDIDOS: + 20,9%

2002 – 650

2008 – 786 (representa 92,1% dos municípios de Minas Gerais)

CRÉDITO RURAL COM ASSISTÊNCIA TÉCNICA: + 541,7%

2002 – R$ 202.585.819

2008 – R$ 1,3 bilhão

ATENDIMENTOS EM ASSENTAMENTOS
DE REFORMA AGRÁRIA: + 943,3%

2002 – 913 famílias

2008 – 9.526 famílias

MINAS SEM FOME (em 2008)

    • Famílias beneficiadas: 309.169

    • Municípios atendidos: 776

    • Recursos aplicados (Governo do Estado): R$ 9,47 milhões

    • Tanques de resfriamento de leite: 84

    • Agroindústrias instaladas: 20

    • Desde 2004, já foram investidos R$ 52,4 milhões, com média de atendimento de 300 mil famílias ao ano; 149 tanques de resfriamento de leite entregues; 64 agroindústrias artesanais instaladas.



Fonte: Emater
Tags:
Fonte:
Emater

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário