Beneficiamento vai agregar valor ao grão

Publicado em 26/12/2008 18:17 2019 exibições

Miracema vai agregar valor à produção de arroz a partir de 2009. Os agricultores miracemenses, que vendem a sua produção de arroz em casca, contarão, a partir do próximo ano, com uma unidade de beneficiamento que hoje encontra-se em construção no pólo industrial do município. A unidade estará subordinada à Cooperativa Regional de Agricultura Familiar (Cooperafa), de Porciúncula, cidade próxima a Miracema.

O prefeito de Miracema, Carlos Roberto de Freitas Medeiros, diz que a unidade está sendo criada para beneficiar grãos, o que inclui arroz, milho e feijão. A previsão é que a beneficiadora comece a operar no início do ano que vem. Segundo Medeiros, o arroz que sair da fábrica de Miracema poderá ser comercializado a marca regional, a Bio 21.

A estimativa do prefeito de Miracema é de que a cadeia produtiva do arroz crie 1,2 mil postos de trabalho no município, entre a produção no campo, o beneficiamento e o transporte do produto até a região de consumo. A construção da unidade teve origem em um contrato acertado, em 2006, entre a prefeitura de Miracema e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

O contrato previu a liberação de recursos, a fundo perdido, do Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável de Territórios Rurais (Pronat) do Ministério, no valor de R$ 297,5 mil, e contrapartida de R$ 155,9 mil da prefeitura. Segundo a assessoria de imprensa do MDA, as metas do contrato são aquisição de equipamentos para beneficiamento de arroz, instalação de rede de distribuição/quadro de controle de energia de máquina e construção de galpão.

O secretário da Agricultura de Miracema, Mozar Carneiro, afirma que o município também vale-se de recursos do governo do Estado do Rio de Janeiro a que tem direito no Plano de Apoio ao Desenvolvimento (Paden) para as obras civis do projeto.

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário